Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Palmeiras prorroga contrato e economiza em empréstimo de Capixaba

Lateral-direito jogará no Joinville até o fim do Campeonato Catarinense, em maio

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de março de 2013 | 15h47

SÃO PAULO- Sem oportunidades no time do Palmeiras, o lateral-direito Fabinho Capixaba acertou seu empréstimo para o Joinville e fica no time catarinense até o fim do campeonato catarinense, que acaba em maio. Com o acordo, o jogador não veste mais a camisa do time alviverde, mas antes de sair, se viu envolvido em uma polêmica.

O nome de Capixaba aparece no BID como atleta do Joinville, mas como se tivesse prorrogado seu contrato com o Palmeiras - sem especificar o período-, algo que causou surpresa na torcida, já que ele sequer estava sendo aproveitado pelo técnico Gilson Kleina. De fato, prorrogou o vínculo, mas por apenas um mês e o Palmeiras fica responsável por cerca de apenas 10% de seu salário. Os outros 90% é o Joinville quem vai arcar. 

O contrato do lateral com o Joinville foi acertado no dia 29 de fevereiro, mas por questões burocráticas, demorou um pouco mais para ser sacramentado e o jogador ter autorização para se apresentar no time catarinense. Neste tempo, ele ficou treinando em separado na Academia de Futebol. O acerto só aconteceu na última segunda-feira, data limite para inscrição de jogadores no Campeonato Catarinense.

Como o contrato antigo ia até abril, Capixaba precisou prorrogar o vínculo por mais um mês para se enquadrar na lei da Fifa, que determina o prazo mínimo de três meses para um contrato de atleta profissional. Assim, o lateral assinou contrato de empréstimo com o Joinville que vai de 29 de fevereiro até 29 de maio. Depois desta data, ele está livre para negociar com qualquer outro clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.