Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Palmeiras quer acabar com má fase e recuperar a liderança

Sem vencer há quatro jogos, a equipe encara o Goiás nesta quinta-feira, no Palestra Itália, às 21 horas

Bruno Deiro, Agencia Estado

29 de outubro de 2009 | 08h33

O Palmeiras fez tudo o que pôde para reencontrar a autoconfiança nos últimos sete dias. Contrariando seus métodos, o técnico Muricy Ramalho levou o time para Atibaia e restringiu o contato dos jogadores com imprensa e torcedores. Desfeita a folga de um ponto na liderança, que já foi de cinco, terá de dar uma resposta nesta quinta-feira diante de sua torcida. Sem vencer há quatro jogos, a equipe alviverde encara o Goiás, às 21 horas, no Palestra Itália, com acompanhamento do estadao.com.br e transmissão da Eldorado/ESPN.

Veja também:

tabela SIMULADOR - Veja quem pode ser o campeão

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabelaClassificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Desde o início da semana, a equipe treinou no interior paulista em busca de renovação. Após a derrota para o Santo André, no ABC paulista, Muricy reconheceu que teria de fazer algo diferente. Nesta quarta, ele reiterou que o time terá mudança de alguns jogadores e, possivelmente, de esquema.

Sem o atacante Vágner Love, suspenso, e o meia Cleiton Xavier, machucado, o Palmeiras terá de encontrar outra vez soluções em meio a um elenco limitado. Jovens como o volante Souza e o zagueiro Maurício, de 20 e 21 anos, respectivamente, ganham chance entre os titulares. "Eles estão amadurecendo porque foram obrigados a substituir os veteranos, que estão fora", disse Muricy, referindo-se às ausências de Pierre e Maurício Ramos, ambos lesionados.

Desfalcado, pouco confiante e pressionado, o time palmeirense disse durante a semana que o resultado será buscado a todo custo no Palestra Itália. Visivelmente inconformados com a ameaça de serem rotulados como "pipoqueiros", os jogadores reforçaram que importante é voltar a vencer.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.