Palmeiras quer anunciar novo técnico até quarta-feira

Principal sonho da diretoria é Vanderlei Luxemburgo, que não acertou sua renovação com o Santos

11 de dezembro de 2007 | 14h01

O Palmeiras espera definir seu novo treinador para a temporada 2008 até esta quarta-feira. De acordo com o diretor de futebol Genaro Marino, os dirigentes demoram para escolher um novo técnico porque querem tomar uma decisão "ponderada".   Veja também:  Noticiário completo do Palmeiras   O principal sonho da diretoria é Vanderlei Luxemburgo, que não renovou com o Santos. "É um nome a ser considerado, pois tem resultados e toda uma estrutura pessoal que seria importante para nós", afirmou Genaro em entrevista à Rádio Jovem Pan.   Outro nome cogitado é o de Dorival Júnior, ex-Cruzeiro. "Ele tem um excelente perfil para ser técnico do Palmeiras, pois já foi nosso atleta e é uma pessoa séria. Mas estamos analisando tudo para tomar uma decisão ponderada."   O técnico Cuca, do Botafogo, também chegou a ser sondado. No entanto, ele não foi liberado pelos dirigentes da equipe carioca. "Conversamos com alguns treinadores, mas não fizemos nenhuma proposta. Se tivéssemos de contratar o Cuca, iríamos direto ao Botafogo, o que não aconteceu."   Em 2008, o Palmeiras espera formar uma equipe que volte a conquistar títulos. A principal meta para a temporada será a Copa do Brasil, que classifica o campeão para a Copa Libertadores de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.