Arquivo/AE
Arquivo/AE

Palmeiras quer definir contratação de Love nos próximos dias

CSKA, da Rússia, pode emprestar o atacante brasileiro pelo período de um ano para o clube do Palestra Itália

Juliano Costa - Jornal da Tarde,

16 de agosto de 2009 | 20h47

O vice-presidente de futebol do Palmeiras, Gilberto Cipullo, disse no sábado que o caso Vágner Love deve ser resolvido "em três ou quatro dias." O dirigente palmeirense continua trabalhando com a informação de que o CSKA vai liberar o atacante por empréstimo de um ano, a pedido do jogador, que entende que esta é a única forma de chamar a atenção de Dunga e ser convocado para a Copa de 2010.

Veja também:

linkMuricy Ramalho pede melhor forma física

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Cipullo se mostra esperançoso, mas o empresário de Love, Cláudio Guadagno, e o representante do CSKA no Brasil, Dionísio Ferreira, têm dito que dificilmente o clube russo aceitará liberar o atacante por empréstimo. E isso apesar de Love já ter manifestado a intenção de prorrogar o vínculo com o CSKA em mais um ano para obter essa liberação para voltar ao Brasil.

"É uma contratação difícil e não posso fazer promessas à torcida", disse Cipullo. "Mas temos a informação de que o presidente do CSKA (Yevgeny Giner) prometeu ao Vágner sua liberação. Estamos esperando isso para então fazermos uma proposta salarial ao jogador."

O Corinthians também demonstrou interesse, mas, segundo seu presidente, Andrés Sanches, o atacante pediu R$ 420 mil mensais de salário, o que inviabilizaria a contratação. Cipullo não fala em números. "Só posso dizer que não vamos fazer loucuras. O investimento será dentro da realidade do clube."

Cipullo confirma que o CSKA pediu a prioridade de compra do volante Pierre, mas diz que isso não é um condicionante para a obtenção do empréstimo de Love. O dirigente nega que o clube russo tenha pedido prioridade também para levar Cleiton Xavier (que pertence à Traffic) e os garotos Felipe e Ancelmo, recém-promovidos da base.

A diretoria espera definir logo a situação de Love para decidir o que fazer com Ortigoza. O paraguaio só ficará no clube se Love não for repatriado. "Esta semana temos de definir o que fazer com Ortigoza", disse Cipullo, diante de três opções: devolvê-lo ao Sol de América, pedir a prorrogação do empréstimo ou comprá-lo em definitivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.