Palmeiras quer evitar a acomodação

O técnico Estevam Soares tem a receita -óbvia, mas longe de ser fácil - para que o Palmeiras se mantenhana liderança do Campeonato Brasileiro: vencer sempre. Diante doVitória, às 18 horas, no Barradão, em Salvador, a equipe volta asentir o gosto de ser o inimigo a ser batido por todos. "Daquipara frente, qualquer erro pode nos custar muito caro", avisa."Por isso, não podemos perder a concentração nos jogos e nostreinos, pois temos muito a melhorar." A afirmação faz referência à fama da equipe de se acomodar,em determinados momentos. "Não podemos vacilar como na derrotapara o Goiás (3 a 0, no Palestra Itália). Vínhamos bem atéaquele jogo", adverte o lateral-esquerdo Lúcio. "Contra oVitória, se não pudermos ganhar, também não podemos perder." Os desfalques, principalmente por suspensões, nos últimosoito jogos, não foram problema para Estevam. "Quando assumi otime, disse que todos teriam chance de jogar", lembrou. "Hoje,não tenho medo de dizer que tenho 17 ou 18 jogadores que podementrar a qualquer momento e a equipe não vai perderqualidade." Para o lateral-direito Baiano, que atuou por dois anos nofutebol espanhol, essas mudanças são naturais. "Na Europa, deum jogo para o outro, dependendo das circunstâncias, o treinadormuda cinco ou seis jogadores de uma vez", disse. "Precisamoscontinuar melhorando, pois ainda não ganhamos nada." Diante do Vitória, o time terá novas alterações. Pedrinho eMagrão, de volta da seleção brasileira, estão à disposição, masapenas Magrão tem vaga grantida. Para o lugar do volanteMarcinho, suspenso, Pedrinho, Alceu e Diego Souza, destaque navitória por 3 1 sobre o Internacional, disputam a posição. O goleiro Sérgio guarda más lembranças de Salvador: é o únicojogador do Palmeiras que estava em campo na derrota por 4 a 3,em 2002, que decretou a queda para a Série B. "Depois do jogo,parecia que eu tinha perdido um parente", disse. "Hoje, sóquero aproveitar o bom momento, há muito tempo não tinha chancede ser titular por tantos jogos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.