Palmeiras quer fortalecer Cláudio

Com programas de fortalecimento muscular o São Paulo fez Kaká. O Palmeiras tenta fazer o mesmo com Cláudio. A tarefa é bem mais difícil. Ao contrário do hoje meio-campista do Milan e da seleção brasileira, Cláudio teve infância difícil. Passou dificuldades em Petrolina (PE), sua cidade natal, e chegou quase raquítico a São Paulo para tentar a sorte no Palmeiras, aos 15 anos. ?Não digo que cheguei a passar fome. Mas passei dificuldades, sim?, conta ele.Nutricionistas atestam que crianças com alimentação inadequada até os 5 anos podem ter problemas de crescimento. Talvez por isso, Cláudio, como Robinho, é tão magro. Assim, a comissão técnica do Palmeiras não pretende expor o garoto a uma quantidade exagerada de exercícios. O crescimento deve ocorrer de forma natural. ?Nós só vamos dar uma mãozinha?, diz o preparador físico Fernando Leão.Mesmo com apenas 16 anos o jogador foi promovido ao time profissional após brilhar num treino comandado por Leão em que ?pedalou? para cima de Gamarra. O atacante fez sua primeira avaliação de composição corporal no dia 30 de agosto. Pesava 68kg e tinha 10,24% de gordura no corpo. Menos de dois meses depois, passou por nova avaliação, em 18 de outubro. O teste mostrou que, nesse período, Cláudio ganhou mais de dois quilos de força muscular: manteve o nível de gordura (10,34% no novo exame), mas atingiu 70,8 kg.?A tendência é ele crescer mais, até por causa da pouca idade?, diz Fernando Leão. ?Ao contrário de outros garotos de 16 anos que já apresentam sintomas de maturação, como barba, o Cláudio ainda é um menino. Isso significa que ele tem muito a desenvolver?, emenda o fisiologista Ivan Piçarro.A dieta do jogador já foi reforçada com carboidratos (massas). Ele também toma suplementos alimentares a base de aminoácidos. E a própria carga de exercícios do time profissional, maior que a do juvenil, o ajuda a crescer. Também nesse ponto Cláudio pode se considerar um garoto de sorte. ?Em nenhum outro lugar ele teria todas essas condições para crescer, já que, infelizmente, as nossas categorias de base no Brasil, em geral, não são das melhores?, diz Fernando Leão.Cláudio está mais do que garantido no time para 2006 ? ao contrário de Warley, por exemplo. O pernambucano deverá ser uma espécie de garoto-propaganda da nova sala de fisioterapia que o Palmeiras vai inaugurar em janeiro, no CT da Barra Funda ? da mesma forma que o São Paulo se orgulha por ter ?construído? Kaká em seu CCT, vizinho ao do Verdão. ?Não há dúvidas que, com os novos aparelhos que teremos, o Cláudio poderá se desenvolver melhor?, diz Piçarro.Bem nutrido, caberá ao jogador corresponder em campo. E sobre isso, o técnico Leão não tem dúvida: ?Esse garoto ainda vai dar muitas alegrias à torcida do Palmeiras.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.