Palmeiras quer provar grandeza na estréia

Há uma grande motivação do Palmeiras em sua estréia nesta quarta-feira no Campeonato Paulista de 2004. A partir das 20h30, no Parque Antártica, contra o Paulista, o time tentará provar que não é uma equipe de "Segunda Divisão". "Nós vamos mostrar que somos uma equipe forte e que não devemos nada a ninguém. Só não fizemos tanto barulho quanto o Corinthians, o São Paulo que contrataram novos times ou quanto o Santos que também se reforçou bem. Nossa força ficará provada com o decorrer dos jogos. E nada como uma boa estréia", aposta Jair Picerni. "Estávamos querendo que começasse logo o Paulista. Muita gente falou besteira enquanto disputávamos a Segunda Divisão. Vamos ver agora dentro de campo quem é quem", provoca Vágner Love.Do time campeão, o Palmeiras não terá Marcos, machucado, Lúcio que não foi inscrito a tempo, e Daniel que sofrerá operação nos ligamentos do joelho e ficará oito meses longe dos gramados. Será nesta quarta-feira a primeira partida oficial de uma grande promessa palmeirense. Aos 21 anos, Diego recebe elogios de todos os lados. Inclusive do titular, Marcos. "O Diego é excelente goleiro. Poderá assumir o gol do Palmeiras e ficar muitos anos. Basta ter o apoio que merece."A diretoria apresentou nesta terça-feira o atacante Adriano Chuva que atuava no Sport. O jogador de 24 anos assinou contrato até o final do ano. Os dirigentes estão tentando fechar as contratações de mais dois zagueiros e um meia.

Agencia Estado,

20 de janeiro de 2004 | 19h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.