Palmeiras quer reembolso do prejuízo

O Palmeiras não vai ficar com os prejuízos financeiros que o clube sofreu com as duas mudanças na data do jogo contra o Vasco da Gama, em São Januário. A diretoria ainda não saber a quem recorrer, mas quer ser ressarcida. "Alguém terá de se responsabilizar pelo dinheiro gasto nesse dia a mais no Rio de Janeiro", afirmou um dos assessores do presidente Mustafá Contursi.Se o Palmeiras irá acionar a Liga Rio-São Paulo ou a emissora de tevê responsável pela bagunça que gerou todo esse problema, não se sabe. Mas a fonte assegura que o presidente Mustafá Contursi exigirá reembolso - até já solicitou cálculo do valor.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.