Fabio Menotti/Ag. Palmeiras
Fabio Menotti/Ag. Palmeiras

Palmeiras empata com Sampaio Corrêa na estreia da Copinha

Alviverde reage no fim do jogo e busca empate por 2 a 2

Estadão Conteúdo

03 de janeiro de 2016 | 19h14

O time do Palmeiras deu sorte e marcou dois gols no finalzinho para empatar, por 2 a 2, com Sampaio Corrêa-MA, na estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Neste domingo, os palmeirenses foram dominados pelo adversário, mas buscaram o empate nos minutos finais. Este jogo foi válido pelo Grupo 25, disputado no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos (SP). São José dos Campos e Estanciano-SE completam a chave.

Com um bom sistema de marcação, o Sampaio Corrêa pouco permitiu ao ataque paulista. E abriu o placar, aos 42 minutos, com Lucas. No segundo tempo, o Palmeiras ameaçava uma reação, quando sofreu um contragolpe e levou o segundo gol, marcado por Souza Tibiri, aos 14.

A torcida ficou impaciente e até chamou o técnico João Burse de "burro". Mas na base do "tudo ou nada" o Palmeiras reagiu, aproveitando também o cansaço dos maranhenses. Kauê diminuiu aos 36 minutos, ao entrar sozinho na área, driblar o goleiro e empurrar para as redes. Ele mesmo empatou aos 40 ao se atirar na pequena área e completar cruzamento da esquerda.

Depois disso, só deu o time paulista em campo. O lance mais incrível aconteceu aos 46 minutos, quando Vitinho chutou forte, a bola tocou na trave e nas costas do goleiro, mas foi para fora. Seria o gol da virada. O Palmeiras, agora, espera a segunda rodada para vencer pela primeira vez. O seu adversário será o Estanciano, nesta terça-feira, às 21 horas. Dos grandes paulistas, o Palmeiras é o único que nunca levou o título da Copinha.

GOLEADA

No outro jogo que começou às 17 horas, o Grêmio Osasco goleou o Altos, do Piauí, por 6 a 0, pelo Grupo 19, disputado na cidade de Osasco (SP). Os gols foram marcados por Bruninho (2), Caio, Bruno Humberto, Lucas Adão e Davi. Vitória-BA e Rondonópolis-MT completam a chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.