Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Palmeiras recua de negociação com Petros para investir em Bruno Henrique

Clube chegou abrir conversas com ex-meia do Corinthians, que está há duas temporadas no futebol espanhol

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

13 de junho de 2017 | 11h00

A negociação avançada entre Palmeiras e o volante Bruno Henrique, do Palermo, da Itália, começou há alguns dias por acaso. A primeira opção do clube para reforçar o setor de meio-campo durante a janela de transferências do meio do ano foi por Petros, outro ex-corintiano em ação no futebol europeu, no Bétis, da Espanha. A investida, porém, esfriou.

O Estado apurou que a diretoria do Palmeiras chegou a conversar com o jogador do clube espanhol. O São Paulo também mostrou interesse no reforço, mas Petros esteve mais perto de fechar com o Alviverde. As conversas duraram até a última semana, quando o foco passou a ser Bruno Henrique, A contratação está perto de desfecho e deve ser por empréstimo válido por uma temporada, com opção de compra.

A reviravolta na preferência por reforço se deu na semana passada, quando o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, já estava na Austrália. O dirigente foi convidado pela CBF para chefiar a delegação da seleção brasileira durante os dois amistosos em Melbourne e acompanha, mesmo à distância, a procura do clube por contratações. Além do setor de meio-campo, outro foco é pelo ataque. O nome preferido é o de Richarlison, do Fluminense.

Assim como Bruno Henrique, Petros teve passagem pelo Corinthians. O meia jogou pelo clube entre 2014 e 2015 e disputou duas temporadas pelo Bétis, clube que terminou em 15º lugar no último Campeonato Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.