Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras recupera confiança, restaura defesa e se vê pronto para encarar Flamengo

Jogadores destacam o resgate de qualidades do time de 2018 em início do segundo turno do Brasileiro

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

23 de setembro de 2019 | 04h30

O Palmeiras se espelha na cartilha do sucesso no Campeonato Brasileiro de 2018 para repetir o título em 2019. O time bateu o Fortaleza neste domingo, por 1 a 0, no Castelão, e saiu satisfeito não pela atuação ou pelo brilho individual, mas por resgatar antigas qualidades na defesa e na sequência de bons resultados para se sentir mais confiante na possibilidade de superar o Flamengo na briga pelo título.

A regularidade de quem acumula agora quatro vitórias consecutivas e principalmente a consistência defensiva após três jogos sem levar gols deixam a equipe alviverde mais tranquila na capacidade de superar um concorrente poderoso. O Flamengo acumula sete vitórias seguidas, tem o ataque mais positivo da competição (44 gols) e impôs ao Palmeiras a maior derrota neste ano, por 3 a 0.

"Nosso time está evoluindo bem na defesa. A gente só levou um gol nos últimos jogos e foi contra o Goiás, de um chute de longe, em que a nossa zaga não foi envolvida", disse o zagueiro Vitor Hugo. Em 2018, o Palmeiras ganhou o Brasileiro ao ter como ponto forte a defesa menos vazada. "Mais um jogo sem tomar gols. Vamos continuar nesta sequência", afirmou o volante Felipe Melo.

Contra o Fortaleza, o Palmeiras chegou ao gol com Willian, aos 2 minutos do segundo tempo. O atacante aproveitou a sobra de um escanteio para bater cruzado. A partida teve poucos lances de emoção e ficou caracterizada pela pouca produção ofensiva. "Foi importante vencer, abrimos uma diferença em relação ao Santos e vamos buscar o Flamengo", comentou Marcos Rocha.  

O time alviverde sofreu com a ausência da criatividade e a velocidade de Dudu, suspenso, e a equipe adversária penou por ter outros dois desfalques no ataque. A campanha do ano passado se caracterizou por outro fator importante: a regularidade. O Palmeiras permaneceu 23 rodadas sem perder, sequência fundamental para o sucesso. "Nós buscamos agora regularidade. Ganhar foi um baita resultado. A gente se aproxima do Flamengo e abre vantagem para o Santos", disse o atacante Willian.

O técnico Mano Menezes avaliou a atuação como abaixo do esperado. Por outro lado, ele considera ter visto no time elementos que mostram evolução. "Era o primeiro jogo depois que assumimos a vice-liderança. Era emblemático. Vamos continuar recuperando nossas características, sabendo que precisamos de resultados como este. Mesmo não jogando bem, temos de vencer", afirmou.

O próximo compromisso do Palmeiras será diante do CSA, no Pacaembu, na quinta-feira. Depois de cumprir suspensão contra o Fortaleza, o atacante Dudu deve ser a principal novidade para o jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.