Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras reduz pena e Felipe Melo terá só mais uma partida de suspensão

Volante será baixa contra o Goiás, neste sábado, porém poderá entrar em campo na terça, contra o Fluminense

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

06 de setembro de 2019 | 17h36

O Palmeiras conseguiu nesta sexta-feira reduzir a suspensão aplicada ao volante Felipe Melo no Campeonato Brasileiro por ter agredido o atacante Lucca, do Bahia. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) se reuniu em São Paulo e definiu que em vez de quatro partidas de punição, o jogador terá de cumprir apenas duas e pagar uma multa de R$ 80 mil a ser revertida para uma instituição de caridade.

Como Felipe Melo já cumpriu contra o Grêmio, em Porto Alegre, a suspensão automática por ter sido expulso contra o Bahia, a redução da pena implica em deixar o volante fora apenas do jogo deste sábado, contra o Goiás, no Serra Dourada. Já para o confronto seguinte, diante do Fluminense, no Allianz Parque, na terça-feira, ele estará liberado para defender o time.

Felipe Melo foi inicialmente punido com quatro partidas pois os auditores do STJD entenderam que ao disputar a bola pelo alto com Lucca o palmeirense agrediu o adversário. Em um primeiro momento a diretoria alviverde conseguiu o efeito suspensivo, medida que liberou o jogador de atuar enquanto um novo julgamento não fosse realizado. Por isso, o camisa 30 atuou diante do Flamengo, no último domingo.

Sem contar com o jogador, o técnico Mano Menezes deve escalar Thiago Santos como titular contra o Goiás. A partida marca a estreia do treinador no cargo, após ter sido contratado na última terça-feira para substituir Luiz Felipe Scolari, demitido na segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.