Palmeiras rejeita US$ 5 mi por Lopes

O meia Lopes, que retorna ao time do Palmeiras nesta quinta-feira, às 19h, contra o Universidad de Chile, pela Copa Mercosul, está com a cotação cada vez mais alta no Palestra Itália. No início do mês, a diretoria do Palmeiras recusou proposta do Olympique de Marselha para negociá-lo, revelaram à Agência Estado pessoas ligadas ao presidente Mustafá Contursi e ao empresário do jogador, Léo Rabello, que detém 50% de seu passe.Os valores oferecidos pelo clube francês não entusiasmaram os dirigentes - cerca de US$ 5 milhões. Eles acreditam que, no prazo de um ano, o atleta será bastante valorizado. O técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, vem elogiando muito o meia e pode, em breve, convocá-lo. Lopes foi o artilheiro da Taça Libertadores da América, com 9 gols, e é o principal goleador do time no Campeonato Brasileiro, com 7. No ano, já fez 22. A única preocupação da diretoria e da comissão técnica é com a sua "cabeça". Em 2000, foi suspenso por 120 dias por doping. Neste ano, chegou algumas vezes atrasado ao treino.Embora esteja animado com a boa fase e pense em atuar no futebol europeu no futuro, o jogador diz que pretende ficar pelo menos mais um ano em São Paulo. "Estou muito satisfeito no Palmeiras, um clube que tem estrutura e dá condições para o atleta desenvolver o trabalho; quero ser ídolo aqui", afirmou ele, que está no Palestra Itália há pouco mais de um ano. Foi contratado por indicação de Flávio Murtosa, na época auxiliar-técnico do Palmeiras. Antes, jogava no Volta Redonda.Nesta quarta-feira, o meia não participou do treino na Academia de Futebol. Foi dispensado pela diretoria para resolver problemas particulares, mas, à noite, se juntou ao elenco na concentração. O técnico Celso Roth confirmou sua escalação. Pedrinho, que não está inscrito pelo Palmeiras na Mercosul, fica fora do jogo. No restante, o treinador vai manter a equipe que derrotou o Botafogo-SP por 1 a 0, no domingo.Coincidentemente, a estréia de Roth no Palmeiras foi contra o Universidad de Chile, em jogo válido pela Libertadores, em 8 de março. Nesta quinta-feira, não resta outra opção a sua equipe que não a vitória. Se tropeçar nos chilenos, o time estará fora da Mercosul.Precisará somar 9 pontos nas últimas três partidas e ainda torcer por uma combinação de resultados para conseguir vaga na segunda fase. "Todos acreditamos na classificação, embora as chances sejam remotas", disse Roth. O Palmeiras está na última posição do Grupo E, com apenas 1 ponto. Tuta, que marcou 23 gols desde que chegou ao clube, completa, nesta noite, o 50º jogo com a camisa alviverde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.