Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras repete o que apenas Barcelona e outros seis clubes fizeram contra o River de Gallardo

Sob os comandos de Marcelo Gallardo, Millonarios perderam por três ou mais gols em apenas sete ocasiões; derrota desta terça-feira, em casa, é a pior em dez anos

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de janeiro de 2021 | 17h00

O Palmeiras fez história ao golear o River Plate por 3 a 0, nesta terça-feira, em Buenos Aires. Isso porque desde a chegada do técnico Marcelo Gallardo, em 2014, o tradicional clube argentino não sofria uma derrota dessa magnitude em seus próprios domínios. A última havia acontecido há dez anos diante do Estudiantes, em partida válida pelo Campeonato Argentino. Naquela ocasião, o River perdeu por 4 a 0.

Além de ser considerada a segunda pior derrota da década dos Millonarios em casa, o placar favorável a equipe alviverde entra para um seleto grupo de reveses do River Plate sob os comandos de Gallardo. Apenas outras seis equipes conseguiram vencer a tradicional equipe argentina por três ou mais gols nos últimos seis anos.

Antes da goleada palmeirense, outro 3 a 0 contrário ao River já havia acontecido nessa mesma edição da Libertadores. Em março de 2020, os Millonarios não resistiram a altitude de Quito e foram superados pela LDU pelo emblemático placar.

O resultado voltou a se repetir outras cinco vezes. Uma diante do Atlético Tucumán, em 2019, outra contra o Jorge Wilstermann, em 2017, e por duas vezes em 2015. A primeira diante do Independiente e a segunda contra o Barcelona, que naquela época contava com o memorável trio de atacantes "MSN", formado por Messi, Suárez e Neymar, na final do Mundial de Clubes.

Os piores reveses sob os comandos de Gallardo aconteceram contra o Talleres, em 2017, quando o time foi superado por 4 a 0, e diante do Colón, em 2016, após a equipe ser derrotada por 4 a 1. Todos esses resultados aconteceram em território adversário, o que torna a vitória alviverde ainda mais emblemática.

Palmeiras e River Plate voltam a se enfrentar na próxima terça-feira. Dessa vez, o mando de campo é da equipe paulista. Como marcou três gols fora de casa, o time do técnico Abel Ferreira pode perder por até dois gols de diferença. Se o resultado voltar a acontecer em prol do River, o jogo será decidido nos pênaltis. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.