Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras sai de casa pela primeira vez e encara o São Bento

Alviverde enfrenta novos desafios na temporada. Deixa de lado o comodismo de jogar na arena e se aventura pelo interior do estado

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2015 | 07h03

Após seis jogos consecutivos no Allianz Parque - sendo dois deles amistosos - o Palmeiras finalmente faz a primeira parte fora de casa, neste sábado, contra o São Bento, às 19h30, em Sorocaba, e tem mais um desafio para o técnico Oswaldo de Oliveira administrar.

Ao invés do apoio em massa dos torcedores e de poderem jogar onde se sentem em casa, a equipe alviverde terá que enfrentar um campo com qualidade inferior, pressão das arquibancadas e todos os problemas corriqueiros do Campeonato Paulista. Para o jogo deste sábado, por exemplo, o time teve que ficar hospedado em Itu, cidade próxima de Sorocaba, ao invés de se concentrar em São Paulo, como fez nas outras rodadas.

"Tem jogos que a viagem é mais desgastante do que a da Libertadores. Para Penápolis, por exemplo, ficaremos oito horas no ônibus, enquanto uma viagem para a Argentina é coisa de uma hora e meia", comparou Oswaldo de Oliveira.

Além das dificuldades do estadual, o clube começa a enfrentar os problemas da maratona de jogos. O zagueiro Tobio, por exemplo, será desfalque por causa do desgaste físico das últimas partidas. Jackson ganha uma oportunidade. Vitor Hugo também não treinou, mas deve ir para a partida.

Oswaldo tem evitado treinamentos muito longos e, como ainda tem jogadores com ritmos de treinamentos distintos, não pode aproveitar como gostaria o recheado elenco. Hoje, a formação será praticamente a mesma que derrotou o Rio Claro, tendo Jackson como única novidade.

Um dos xodós da torcida, o atacante Gabriel Jesus está próximo de conseguir ficar pelo menos no banco de reservas. Oswaldo pede calma com o garoto que já recebeu elogios públicos até dos companheiros de time.

"É um compromisso da comissão técnica e no momento certo espero ter a sensibilidade de lançá-lo. Quem tem que medir a hora dele sou eu. Sei que existe a ansiedade, mas a responsabilidade é minha. Não adianta fazer nada de forma apressada", avisou. Enquanto isso, Cristaldo e Leandro Pereira disputam a vaga de titular e o argentino parece estar à frente.

Arouca poderia estrear neste sábado, mas Oswaldo resolveu adiar para a próxima rodada, contra o Penapolense, no domingo da semana que vem. No São Bento, o técnico Paulo Roberto Santos não poderá contar com o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro, suspenso.

FICHA TÉCNICA

SÃO BENTO: Henal; Alex Reinaldo, Wanderson, João Paulo e Bruno Ré; Renan Teixeira, Serginho Catarinense, Eder Correia e Éder; Renan Mota e Nilson

Técnico: Paulo Robeto Santos

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel, Robinho, Alan Patrick, Dudu e Allione; Cristaldo

Técnico: Oswaldo de Oliveira

JUIZ: José Cláudio Rocha Filho

LOCAL: Walter Ribeiro, em Sorocaba

HORÁRIO: 19h30

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.