Palmeiras se cansa de Diego Souza

A diretoria do Palmeiras se cansou de Diego Souza. O jogador, que teve grande parcela de culpa nas demissões de Estevam Soares - que não o escalava - e de Candinho - que o escalava - pagará caro por suas atitudes.Assim como aconteceu com Diego Tardelli no São Paulo, os dirigentes não querem vendê-lo ou emprestá-lo. Querem rebaixá-lo para o time B do Palmeiras."Ele vai parar de brincar com o nosso clube e com a torcida. Irá aprender a respeitar as instituições. Chega de passar a mão na sua cabeça! Ele que tome atitudes de homem, de jogador do Palmeiras. Diego precisa aprender o que significa vestir nossa camisa. Ele vai se dar bem no time B, vai aprender a valorizar a sorte que tem de defender um dos maiores clubes do mundo", afirma, tenso, o diretor Hugo Palaia.O dirigente sempre foi um dos maiores defensores do meia. Mas diz que se cansou ao ver a atitude do jogador ao ser substituído contra o Santo André."Ele teve a coragem de aplaudir de forma irônica os torcedores que o vaiavam. A torcida gastou dinheiro e foi até Santo André para apoiar o time e ele toma uma atitude dessas?! Jogador do Palmeiras tem de respeitar a torcida. Ele não está em um clube qualquer", afirma Palaia.Diego Souza tem contrato com o Palmeiras até 2008. O clube teve propostas do São Paulo, do Atlético Mineiro, do Internacional e do Flamengo. Todos o queriam o atleta por empréstimo. As negativas foram imediatas."Já falei várias vezes que se o clube está insatisfeito comigo, pode me emprestar. Mas não depende de mim. Eu sou do Palmeiras. Eles pagam o meu salário. Vou jogar onde quiserem", costuma repetir Diego Souza."O Palmeiras está matando um grande talento. Não há ninguém que dê respaldo, proteção ao Diego Souza. Isso deveria vir da diretoria. Esse menino ficará marcado à toa", disse ontem Candinho. "Se dependesse de mim, o Palmeiras criava um time C e mandava o Diego para lá", afirma Palaia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.