Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras se reapresenta e conta com o retorno de Guerra aos treinos

Venezuelano participa com o grupo de atividade que tem como uma das ausências Ricardo Goulart

Redação, O Estado de S. Paulo

22 de abril de 2019 | 15h37
Atualizado 22 de abril de 2019 | 15h43

O Palmeiras iniciou nesta segunda-feira uma nova semana de treinos e voltou ao trabalho com novidade. O meia venezuelano Alejandro Guerra se recuperou de lesão muscular e após cumprir cronograma específico de trabalho nas últimas semanas, voltou a se juntar ao grupo, que nesta semana tem compromisso fora de casa contra o Melgar, no Peru, pela Copa Libertadores.

Guerra ainda não atuou neste ano e esteve pela última vez em campo em dezembro do ano passado, no jogo contra o Vitória, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O venezuelano ficou fora da lista de 26 inscritos para a disputa do Campeonato Paulista e apesar de incluído na relação para a Copa Libertadores, só participou de um jogo, contra o Junior Barranquilla, na estreia, fora de casa. Ainda assim, ele ficou na reserva e não entrou em campo.

O time do técnico Luiz Felipe Scolari contou nesta segunda-feira com a presença do atacante Carlos Eduardo. Depois de se recuperar de lesão no tornozelo direito e de se juntar ao elenco no trabalho da última semana, o jogador voltou a participar da atividade. O elenco realizou na Academia de Futebol um treino com os portões fechados.

O atacante Ricardo Goulart cumpriu um programa especial de treinos e, por isso, fez movimentações na parte interna da Academia de Futebol. Apesar disso, ele não preocupa a comissão técnica e deve participar normalmente do jogo na quinta-feira, em Arequipa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.