Palmeiras só acumulou decepções

O ano de 2001 não poderia ter sido pior para o Palmeiras, conforme declarou o próprio presidente Mustafá Contursi. Foi eliminado em casa pelo Boca Juniors nas semifinais da Taça Libertadores e, depois de liderar boa parte do Brasileiro, acabou desclassificado ainda na primeira fase. Títulos? Nenhum. Para reverter a situação, a diretoria espera definir a contratação do técnico Vanderlei Luxemburgo, o preferido de Mustafá e dos torcedores. Nesta quarta-feira à tarde, o treinador se reúne com o diretor de Futebol Sebastião Lapola, em São Paulo, para tentar chegar a um acordo. Caso não dê certo, o clube assediará Geninho, campeão brasileiro com o Atlético-PR. Luxemburgo declarou nesta terça-feira que gosta do Palmeiras e deixou claro que torce por um acerto com os dirigentes. Foi no Palestra Itália que alcançou as maiores glórias. Dois Brasileiros, três Paulistas e um Torneio Rio-São Paulo. ?É um clube com o qual ganhei títulos, tive alegria?, afirmou. E fez questão de elogiar Mustafá e negar que teve desentendimento com o presidente no passado. ?Nunca briguei com ele, pelo contrário, considero que foi um dos melhores presidentes com quem trabalhei.? Mustafá não se cansa de afirmar que considera Luxemburgo um técnico talentoso e que o quer no clube. Mas, antes, o treinador precisará aceitar redução salarial. A diferença entre o que um quer e o outro oferece chegou a ser grande, mas já caiu bastante e, por isso, o acerto voltou a estar perto de ocorrer . ?Ele pode ter seus problemas, mas é um ótimo técnico?, afirmou o presidente, no domingo, no ABC, após a final do Campeonato Brasileiro, entre São Caetano e Atlético-PR. No dia 24, Luxemburgo e a mulher, Josefa, viajaram para o Rio, onde ficam até esta quarta-feira. Nesses dois dias, as negociações pararam. ?Pensei apenas em ficar com a minha família e descansar?, comentou. Assim que definir o novo técnico ? a demora já irritou os conselheiros, que pressionam para um acerto mais rápido ?, a diretoria alviverde espera contratar os primeiros reforços. Nesta terça-feira, Adãozinho afirmou que foi procurado por dirigentes do Palmeiras. ?De 0 a 10, a possibilidade de acertar com o Palmeiras é 5?, observou. Lapola afirmou desconhecer que o Palmeiras esteja atrás do meia do São Caetano. O atacante Rodrigo, do Botafogo-RJ, e o meia Adrianinho, da Ponte Preta, são outros dois que interessam ao clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.