Palmeiras só empata em Guaratinguetá e deixa liderança

Clube alviverde sai na frente, fica com um a mais pela maior parte da segunda etapa, mas empata em 1 a 1

DEMÉTRIO VECCHIOLI, Agência Estado

27 de julho de 2013 | 18h25

SÃO PAULO - O

O JOGO

O Palmeiras subiu ao gramado em Guaratinguetá praticamente com força máxima. Do enorme elenco alviverde, só Léo Gago, machucado, desfalcou o time. Na camiseta, uma imagem estilizada de Djalma Santos, que faleceu na terça-feira. Na parte de trás da camisa, acima do número, todos os jogadores tinham o nome do lateral falecido.

Buscando homenagear o ídolo palmeirense, a equipe começou bem o jogo. E marcou o primeiro gol aos 19 minutos. Vinicius bateu escanteio pela esquerda, Valdivia apareceu no primeiro pau para desviar, enganou toda a defesa, e fez a bola chegar limpa para Leandro escorar para as redes na pequena área.Apesar da superioridade do time visitante, que comandava a partida principalmente por conta da boa atuação de Valdivia, o Palmeiras criou poucas chances no primeiro tempo. O Guaratinguetá chegou com mais perigo e quase fez num cabeceio de Marquinhos, que passou rente à trave direita de Fernando Prass.

Logo o segundo tempo começou, porém, e os donos da casa empataram. Juninho recebeu pelo lado direito da área e cruzou rasteiro. A bola chegou para Douglas Tanque, revelado pelo Corinthians, dominar e bater sem chances para o goleiro.

Empolgado, o Guaratinguetá continuou atacando. Quase virou com Douglas Tanque, aos 11, mas sete minutos depois perdeu um jogador. Ruan derrubou Valdivia na entrada da área, recebeu o segundo amarelo, e acabou expulso.

O jogo ficou mais aberto e as duas equipes criaram chances. O Guaratinguetá num chute cruzado do Juninho, de longe, que passou raspando a trave de Fernando Prass. O Palmeiras, com Alan Kardec, mas o atacante perdeu dois gols. Num, saiu da linha de impedimento para receber sozinho na área, tentou driblar o goleiro e acabou desarmado. Leandro, livre ao lado dele, com o gol aberto, ficou esperando o passe. Pouco depois, Kardec foi lançado por Mendieta na área, dominou, mas furou na hora de dar o chute.

No finalzinho do jogo, Ronny ainda foi expulso. No lance, ele se enroscou com Saulo, o goleiro caiu sobre o atacante e praticamente sentou sobre a cabeça do rival. O palmeirense se irritou, chutou Saulo, e recebeu o vermelho direto. Como já havia levado o terceiro amarelo, não participa dos dois próximos jogos do Palmeiras: contra o Icasa, terça, e diante do Bragantino, sexta, ambos no Pacaembu.

GUARATINGUETÁ 1 X 1 PALMEIRAS

GUARATINGUETÁ - Saulo; Murilo, Marquinhos, Pedro Paulo e Ruan; Júlio César, Bruno Formigoni, Renato Peixe (Allan), Moacir (Giovani) e Juninho; Douglas Tanque. Técnico - Carlos Octávio.

PALMEIRAS - Fernando Prass; Luis Felipe, André Luiz, Henrique e Juninho; Márcio Araújo (Mendieta), Charles, Wesley e Valdivia. Leandro e Vinicius (Ronny). Técnico - Gilson Kleina.

GOLS - Leandro, aos 19 minutos do primeiro tempo; Douglas Tanque, aos 2 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinicius Furlan (SP)

CARTÕES AMARELOS - Murilo, Júlio César, Giovani, Luis Felipe, André Luiz, Charles e Valdivia.

CARTÃO VERMELHO - Ruan e Ronny.

RENDA e PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Dario Leite, em Guaratinguetá (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.