Palmeiras: Sóbis distante e indefinição sobre Diego Souza

Bétis não quer negociar o atacante; já volante viaja a Lisboa para acertar sua situação com o enfica

08 de janeiro de 2008 | 20h41

Ao que parece, o dinheiro disponibilizado pela Traffic para reforçar o elenco do Palmeiras não é o suficiente para acertar a contratação dos reforços pedidos pelo novo técnico do time, Vanderlei Luxemburgo.Veja também: Marcos: 'Não quero ser a imagem do passado no Palmeiras' Palmeiras quer contratar atacante Rafael Sobis 'de graça' Sem muitas opções no ataque, o atacante Rafael Sóbis, ex-Internacional, virou alvo da diretoria, que estaria disposta a bancar sozinha seu retorno ao futebol brasileiro, mas seu time atual, o Real Bétis, através de seu presidente, Pepe León, deixou claro que o jogador continuará na Espanha. "Não existe negociação com ele [Rafael Sóbis]. Ele é um jogador muito importante para nós neste momento", disse o presidente do clube espanhol, que completou. "Não pretendo negociá-lo, emprestá-lo ou nada do que se possa imaginar neste momento", declarou Léon, em entrevista à Rádio Record. Ao saber que o empresário do jogador, Jorge Machado, viajará à Sevilha para tratar do empréstimo do atleta por no mínimo seis meses, Pepe Léon foi taxativo. "Eu sou o presidente, e podem dizer a ele [Jorge Machado] que perderá seu tempo aqui, pois o Sóbis não sai por nada." Se a negociação de Rafael Sóbis parece distante, a do volante Diego Souza continua uma incógnita. Depois de apresentar uma proposta próxima dos R$ 10 milhões, o Palmeiras terá que aguardar um pouco mais para concretizar a negociação, já que o Benfica, clube que detém os direitos econômicos do atleta, requisitou sua reapresentação nesta quarta-feira. A informação foi confirmada pelo empresário do atleta, Eduardo Uram, que ainda não sabe o que o Benfica pretende com o atleta. Especula-se que Diego Souza tratará da resolução de algumas pendências com o clube português, além da liberação de sua papelada para se apresentar ao Palmeiras. TRIO DO CORITIBADepois da primeira recusa da diretoria do Coritiba, a Traffic, parceira do Palmeiras, espera fechar a contratação do zagueiro Henrique, do meia Pedro Ken e do atacante Keirrison, que foram destaques da conquista do clube paranaense do Campeonato Brasileiro da Série B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.