Palmeiras sofre, mas derrota Barueri no Paulistão

O Palmeiras sofreu na tarde deste sábado, mas conseguiu bater no sufoco o Barueri por 3 a 0 no Palestra Itália e manter a liderança tranquila e isolada do Paulistão. O gols da vitória foram de Keirrison, artilheiro do campeonato agora com 10 gols, Diego Souza, com boa atuação, e Pierre.

RAFAEL VERGUEIRO, Agencia Estado

14 de março de 2009 | 18h06

O triunfo na 14ª rodada deixa a equipe de Vanderlei Luxemburgo com 33 pontos na tabela de classificação, quatro à frente do vice-líder Corinthians. Já o Barueri, em sétimo, com 22 pontos, vê mais longe o sonho da classificação para as semifinais.

No confronto deste sábado, o time da casa teve uma séria dificuldade para furar o bloqueio do adversário. Melhor em campo, o Palmeiras criou diversas oportunidades no primeiro tempo, mas Keirrison parecia não estar em uma tarde inspirada e perdeu várias chances de gol.

Mas, no segundo tempo, após o jovem atacante desperdiçar mais duas oportunidades claras, a torcida pôde finalmente fazer a festa aos 21 minutos. Em bela jogada de Diego Souza, o meia arrancou do meio-de-campo e deixou a bola limpa na grande área para Keirrison. Com tranquilidade, ele chutou no canto do goleiro Renê e fez a rede balançar.

A vantagem no marcador acalmou os palmeirenses, que ainda contaram com a expulsão de Flávio aos 24 minutos, encaminhando o triunfo. No entanto, ainda sobrou tempo para uma bela jogada de Lenny, que havia entrado na etapa final no lugar de Willians. Aos 30, ele passou pela marcação dentro da área e deu passe perfeito para Diego Souza, que chutou forte para vencer o goleiro Renê.

Com o resultado positivo garantido, o Palmeiras apenas administrou e ainda teve tempo para ampliar aos 44, quando Marquinhos, que substituiu Sandro Silva no segundo tempo, deixou Pierre sem marcação e o volante, em um chute despretensioso, teve apenas o trabalho de colocar a bola no canto de Renê.

O resultado positivo significou a décima vitória palmeirense no Campeonato Paulista, em 13 confrontos. A equipe está invicta no estadual (empatou apenas com Corinthians, Portuguesa e Ituano).

O Palmeiras volta a campo na próxima terça-feira, quando recebe às 20h30 o Noroeste no Palestra Itália, em jogo atrasado da quinta rodada. Já o Barueri vai até Campinas no dia 21 para encarar a Ponte Preta.

Ficha Técnica:

Palmeiras 3 x 0 Barueri

Palmeiras - Bruno; Fabinho Capixaba, Maurício Ramos, Danilo e Pablo Armero; Pierre, Sandro Silva (Marquinhos), Cleiton Xavier e Diego Souza (Souza); Willians (Lenny) e Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Barueri - Renê; Leanderson, Daniel Marques, Diego e Márcio Careca (Fernandinho); Ralf, Flávio, Everton e Thiago Humberto; Basílio (Márcio Hahn) e Pedrão(Flavinho). Técnico: Estevam Soares.

Gols - Keirrison, aos 20, Diego Souza, aos 30, e Pierre, aos 45 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Willians, Marquinhos, Danilo (Palmeiras); Diego, Flávio (Barueri).

Cartão vermelho - Flávio (Barueri).

Árbitro - Salvio Spinola Fagundes Filho.

Renda - R$ 370.127,00.

Público - 13.278 torcedores.

Local - Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.