Palmeiras sugere troca de árbitro para semifinal

A diretoria do Palmeiras não aprovou a escolha do árbitro Paulo César de Oliveira, definido por sorteio realizado nesta quarta-feira pela Federação Paulista de Futebol (FPF), e sugeriu a troca do juiz para a semifinal do Paulistão, contra o Corinthians, no domingo.

AE, Agência Estado

27 de abril de 2011 | 21h21

O sorteio confirmou o que o Jornal da Tarde havia antecipado nesta manhã. O diário afirmara que Paulo César de Oliveira seria o escolhido para apitar o clássico no Pacaembu, segundo acordo definido pelos dois clubes. O acerto teria sido fechado na reunião que definiu os locais e os horários das semifinais, na segunda-feira.

A confirmação de Paulo César, no entanto, preocupou a diretoria palmeirense, que pediu pela troca do árbitro. "Não acreditamos em má fé, mas em uma hora como essa eu acredito que deveria imperar o bom senso e a federação deveria rever esta escalação. Não precisamos expor o campeonato deste jeito. É importante manter a lisura da competição", disse o vice-presidente Roberto Frizzo.

Em nota, a FPF se defendeu da suspeita e divulgou um vídeo do sorteio. "Agir com transparência é uma das diretrizes da Federação Paulista de Futebol. E isto também se aplica ao sorteio da arbitragem paulista que, além de ser aberto ao público, desde o início deste Campeonato Paulista, também vem sendo transmitindo ao vivo no site da entidade. Isto demonstra a preocupação da FPF em dar total transparência à escolha do trio de arbitragem que irá trabalhar em cada partida, sem que haja interferência de qualquer parte envolvida. Qualquer afirmação ao contrário é leviana e de má fé".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.