Palmeiras tem dura missão para ganhar 1.ª com Felipão

O desafio de Luiz Felipe Scolari por sua primeira vitória no retorno ao Palmeiras não é simples neste domingo, às 18h30, no Estádio Castelão, em Fortaleza. Com um time desfalcado, encara o confiante Ceará para encerrar um jejum palmeirense de nove jogos sem vencer como visitante no Campeonato Brasileiro - desde outubro do ano passado.

BRUNO DEIRO, Agência Estado

25 de julho de 2010 | 09h02

Sem o zagueiro Danilo e os volantes Pierre, Marcos Assunção e Edinho, todos suspensos, Felipão terá de remontar a defesa palmeirense. A opção é improvisar com o que tem no elenco e lançar mão de atletas da base, que foram observados no últimos treinos. Entre os testados estavam o zagueiro Gualberto, de 19 anos, que chegou a fazer pré-temporada no início do ano, ainda sob o comando de Muricy Ramalho. Outra opção defensiva é Leandro Amaro, que disputou o último Campeonato Paulista pelo Botafogo, de Ribeirão Preto, e se recuperou recentemente de lesão.

Outro candidato a ganhar uma chance no time é o meia Tinga, de 19 anos, que tem entrado nas últimas partidas e até marcou gol. Destaque da Ponte Preta no último Paulistão, ele pode atuar mais recuado, apesar de já ter dito que prefere a função ofensiva. "Para eles (jogadores jovens) é bom, pegam experiência. Temos de estar tranquilos e ajudá-los a fazer o melhor", disse o atacante Ewerthon, confirmado entre os titulares.

Desde que chegou ao Palmeiras, há 10 dias, Felipão tem prometido colocar em campo atletas das categorias de base. Um dos mais elogiados é Patrik, de 20 anos, revelado pelo próprio clube. Encantado com o empenho do garoto nos treinos, o técnico lhe deu uma chance no empate com o Botafogo, por 2 a 2, na última quinta-feira, no Pacaembu. Assim, ele tem boas chances de ser titular neste domingo, apesar de ainda existir a possibilidade da entrada do zagueiro Leandro Amaro, mudando o esquema para o 3-5-2.

MAIS UM - Para piorar a situação, o Palmeiras ganhou um problema de última hora. Após o treino de sábado, o goleiro Marcos sentiu dores no joelho esquerdo - o mesmo onde passou por uma artroscopia há cerca de um mês - e sequer viajou com o grupo para Fortaleza. Assim, Deola deve ser o titular do gol palmeirense diante do Ceará.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.