Alberto Lingria/Reuters
Alberto Lingria/Reuters

Palmeiras tenta a contratação de zagueiro paraguaio do Milan

Gustavo Gómez, de 25 anos, pode ser o próximo reforço do Palmeiras, que tenta fechar o negócio ainda nesta semana

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

30 de julho de 2018 | 16h56

O Palmeiras tenta acertar a vinda do zagueiro paraguaio Gustavo Gómez, do Milan. O intuito da diretoria é trazer o defensor de 25 anos para se apresentar nos próximos dias, a tempo de o clube incluí-lo na lista de inscrição para as oitavas de final da Copa Libertadores. O prazo termina na noite do próximo domingo.

+ Recuperado de dores, Borja volta aos treinos

+ Aplaudido, Artur pede espaço no time

O contato entre o Palmeiras e os empresários do jogador já é antigo. Em janeiro, quando o clube paulista negociava a saída de Mina, teve contato com representantes de Gómez, porém as conversas não evoluíram. A diretoria alviverde quer trazê-lo inicialmente em contrato de empréstimo por uma temporada, com valor de compra fixado. A modalidade permitiria a observação do desempenho e das atuações dele pelo clube.

Os representes do jogador e do Milan insistem, porém, na negociação efetiva, com a compra dos direitos econômicos do defensor. O valor aproximado é de R$ 26 milhões, segundo a imprensa paraguaia.  O zagueiro está no Milan desde 2016 e na última temporada atuou somente uma vez, pela Liga Europa. Pelo Campeonato Italiano ele não entrou em campo e permaneceu a maior parte das ocasiões no banco de reservas.

Para a defesa o clube trouxe recentemente o argentino Nico Freire. O defensor estava no futebol holandês e chegou por empréstimo válido por um ano. Caso consiga fechar com o jogador paraguaio, a diretoria teria até domingo para conseguir incluir o reforço na atualização da lista de inscrição da Copa Libertadores. Cada time participante pode efetuar até cinco trocas em comparação à relação anterior.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasGustavo Gómez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.