Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Palmeiras tenta confirmar a primeira vaga de semifinalista do Estadual

Partida será realizada no Pacaembu, a partir das 21h, nesta sexta-feira

O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2017 | 07h00

O Palmeiras está perto de confirmar nesta sexta-feira, contra o Novorizontino, o posto de ser o primeiro semifinalista do Campeonato Paulista. Por ter vencido o jogo de ida, no domingo, por 3 a 1, mesmo uma derrota por um gol de diferença confirma a classificação. A partida será realizada no Pacaembu, a partir das 21h.

A vaga encaminhada à fase final demarca o último jogo teoricamente mais fácil do clube neste início de temporada. Depois deste compromisso, o Palmeiras terá pela frente em abril confrontos pela Copa Libertadores ou clássicos pela reta final do Estadual. "Será um mês difícil, de concentração, de trabalho e entrega", afirmou o técnico Eduardo Baptista.

A equipe vai ter em campo a força máxima, até para usar o Novorizontino como teste para enfrentar o Peñarol, na quarta-feira, no Allianz Parque, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. A única dúvida do treinador era no meio-campo. Guerra, Michel Bastos e Keno disputam a vaga aberta pela suspensão de Róger Guedes, expulso no domingo após comemorar gol.

O último treino do time foi no fim da tarde de ontem, no estádio do Pacaembu. A atividade foi fechada à imprensa. "Queremos vencer e jogar bem com o Novorizontino para conseguir a classificação, pegar motivação e confiança maior para quarta-feira. Quero o time com um futebol envolvente e agressivo", afirmou o treinador.

O Palmeiras não manda um jogo no Pacaembu desde junho do ano passado, quando bateu o Grêmio por 4 a 3 pelo Campeonato Brasileiro. Até o fim da tarde de quinta-feira foram vendidos 25 mil ingressos para a partida com o Novorizontino. O local do encontro foi transferido porque o Allianz Parque recebeu neste semana shows dos cantores Justin Bieber, James Taylor e Elton John.

A equipe do interior tenta apostar no improvável para reverter o confronto. O Novorizontino ganhou por dois gols de diferença apenas uma vez neste Estadual, quando fez 2 a 0 na Ferroviária, e precisa repetir esse feito para conseguir no mínimo levar a decisão para os pênaltis. A dificuldade aumenta pelo bom retrospecto do Palmeiras como mandante. O time não perde em seus domínios desde julho do ano passado e é dono da melhor campanha da competição.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo; Willian, Tchê Tchê, Guerra (Michel Bastos) e Dudu; Borja. Técnico: Eduardo Baptista.

NOVORIZONTINO: Michael; Moacir, Domingues, Diego Sacoman e João Lucas; Éder, Doriva e Fernando Gabriel; Roberto, Henrique e Everaldo. Técnico: Silas Pereira.

Juiz: Flávio Rodrigues de Souza

Local: Pacaembu 

Horário: 21h 

Transmissão: Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.