Palmeiras tenta evitar maratona em 2006

O presidente do Palmeiras, Affonso Della Monica, esteve na tarde desta terça-feira na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF). Motivo: tentar impedir que o time do Palestra Itália passe por uma maratona de jogos logo no início da temporada de 2006. ?O Della Monica apresentou suas reivindicações, que serão analisadas pelo departamento médico?, afirmou Marco Polo Del Nero, presidente da FPF. ?A Confederação Sul-Americana também foi consultada?, disse o dirigente. Pela tabela atual, o Palmeiras faria sete jogos em 17 dias. A seqüência teria início em 25 de janeiro e terminaria em 13 de fevereiro. Além dos dois confrontos com o Deportivo Táchira, da Venezuela, pela Libertadores, o Palmeiras ainda enfrentaria Portuguesa, São Paulo, Juventus, Guarani e Bragantino pelo Paulista. A solução deve sair em dois dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.