Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras tenta quebrar 'barreira' das oitavas da Libertadores

Clube recebe Cerro Porteño para voltar às quartas de final pela primeira vez desde 2009

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

30 Agosto 2018 | 05h00

Uma boa vantagem e um longo trabalho para conter o favoritismo deixam o Palmeiras confiante para, diante do Cerro Porteño, voltar a superar a barreira das oitavas de final da Copa Libertadores. No Allianz Parque, a partir das 21h45 desta quinta-feira, a equipe tenta ficar entre os oito melhores times do continente após nove anos e conta com a vitória na ida, no Paraguai, por 2 a 0 para ajudar nesta tarefa.

Desde 2009 o Palmeiras não consegue passar pelas oitavas de final da competição. Nas tentativas seguintes, foram eliminações nessa etapa em 2013 e 2017, ambas em condições similares. A equipe era favorita contra Tijuana, do México, e Barcelona, do Equador. Mas mesmo com a decisão da vaga na condição de mandante, portanto, em casa, não conseguiu. Em outra edição do torneio, 2016, a eliminação veio na fase de grupos.

"Conseguimos um resultado importante lá no Paraguai, mas sabemos que ainda não tem nada definido. O Cerro Porteño é uma equipe grande e tem bons jogadores. É um jogo de mata-mata e precisamos entrar concentrados", disse o atacante Willian, que vai completar cem jogos pela equipe alviverde. As declarações do jogador são um reflexo do quanto o Palmeiras evita se acomodar com o placar.

Nos últimos dias, o técnico Luiz Felipe Scolari fechou os treinos na Academia de Futebol e vetou a presença de jogadores na festa de aniversário de 104 anos do clube, realizada na noite de terça. Tudo para preservar a concentração. Nas conversas com o elenco, o treinador tem ressaltado a importância de não se acomodar com o 2 a 0.

"Será um jogo difícil. Temos falado para esquecermos a vantagem que a gente conquistou fora. Cada jogo tem uma história, suas dificuldades... e este também terá. Temos de estar preparados. Felipão nos pede muita concentração", afirmou o goleiro Weverton.

Com nove jogos sem perder nem tomar gol e invicto nesta Libertadores, o Palmeiras pode perder até por um gol de diferença que estará classificado para as quartas de final. Em caso de derrota por 2 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis.

A equipe terá força máxima no Allianz Parque. Sem jogadores suspensos, o Palmeiras vai utilizar os titulares poupados no último domingo.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X CERRO PORTEÑO

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Willian, Dudu e Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari. 

CERRO PORTEÑO: Silva; Raul Cáceres, Marcos Cáceres, Escobar e Arzamendia; Aguilar, Rojas, Palau e Ruiz; Valdéz e Churín. Técnico: Fernando Jubero. 

Juiz: Germán Delfino (ARG)

Local: Allianz Parque

Horário: 21h45

Na TV: SporTV

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.