Palmeiras tenta renovar com Lopes

Como consolo, após a fraca campanha no Torneio Rio-São Paulo, no Campeonato Paulista e a derrota nas semifinais da Copa Libertadores para o Boca Juniors, o Palmeiras comemora o fato de ter em seu elenco o artilheiro da competição sul-americana em 2001, o meia Lopes. O jogador palmeirense marcou 9 gols no torneio e não foi ameaçado por ninguém. Os que chegaram mais perto foram Palencia, do Cruz Azul, Geovanni, do Cruzeiro, e Pizzi, do Rosario Central, que fizeram 7.Revelado pelo Palmeiras no ano passado, Lopes é uma das apostas do técnico Celso Roth para o Campeonato Brasileiro e a Mercosul. Feliz com as boas atuações no primeiro semestre, o atleta aproveitou os dias de folga para descansar e curtir a família, em Volta Redonda, interior do Rio.Lopes também soube capitalizar em cima da sua boa fase e exigiu um aumento salarial para a diretoria do clube. Seu contrato termina em julho. Américo Faria, o diretor de futebol do Palmeiras, garantiu que já fez uma proposta ao jogador e espera uma resposta para renovar por um ou dois anos.Alguns empresários ligados a clubes da Europa ficaram de olho no meia Lopes nos últimos meses. Por isso, a diretoria do Palmeiras tratou de lhe fazer logo uma oferta para não correr risco de perdê-lo.

Agencia Estado,

29 de junho de 2001 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.