Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Palmeiras tenta surpreender o embalado Cruzeiro

Sem Valdivia, time alviverde vai cheio de desfalques para Minas Gerais com a esperança de conseguir parar o líder do Brasileiro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2014 | 07h09

Surpreender o líder do Campeonato Brasileiro é o duro objetivo do Palmeiras diante do Cruzeiro nesta quarta-feira, às 19h30, no Mineirão. Se apegar ao inesperado é a grande arma da equipe alviverde nesta noite e, por isso, os jogadores garantem muita luta. Entretanto, nos bastidores, a direção do clube não esconde que o foco maior está no clássico de sábado, com o Corinthians.

O departamento jurídico do Palmeiras acatou a pena imposta pelo STJD de dois jogos de suspensão para o meia Valdivia e o pagamento de R$ 50 mil de multa. Com isso, ele está fora da partida desta noite, mas terá condições de atuar diante do Corinthians. Ele estava jogando sob efeito suspensivo pela expulsão diante do Flamengo e seria julgado hoje. No clube, todos davam como certo que a punição seria mantida ou aumentada. Por isso, os advogados resolveram retirar o efeito suspensivo, deixar que o meia cumpra a pena diante dos mineiros e esteja livre para encarar o rival.

Do ponto de vista jurídico foi uma grande jogada, mas criou ainda mais problemas para Dorival. Sem o Mago, Mazinho entra na equipe e vai exercer a função do chileno.

Para dificultar ainda mais a situação do treinador, o Palmeiras terá outros importantes desfalques. O volante Marcelo Oliveira está fora por pertencer ao time mineiro. O zagueiro Lúcio, com dores na coxa esquerda, nem viajou para Belo Horizonte.

O Cruzeiro tem 59 pontos, 25 a mais do que o Palmeiras. E estarão frente a frente o melhor ataque (52 gols a favor) contra a pior defesa (45 sofridos). Os números mostram o quanto o time alviverde precisa ter cuidado. "Temos como primeiro objetivo não tomar gol e claro que temos de aproveitar a oportunidade de fazer gols também.", disse o volante Washington, uma das novidades do time.

BRIGA DE ARTILHEIROS

A partida reserva também uma disputa entre os dois artilheiros do Brasileiro. Henrique lidera com 14 gols e Marcelo Moreno aparece em seguida, com 13. Se no lado do Palmeiras, o treinador tem muitos desfalques e pouca empolgação, no Cruzeiro é o oposto. O time vem de vitória fora de casa (1 x 0 sobre o Vitória) e o técnico Marcelo Oliveira terá força máxima na partida. Ricardo Goulart estava com dores, mas se recuperou e tem presença confirmada.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Dedé, Manoel e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Alisson e Marcelo Moreno.

Técnico: Marcelo Oliveira

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Tobio, Nathan e Juninho; Washington, Victor Luis, Wesley e Mazinho; Cristaldo e Henrique

Técnico: Dorival Júnior

JUIZ: Pericles Bassols Cortez (RJ)

LOCAL: Mineirão, em Belo Horizonte

HORA: 19h30

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasCruzeiroFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.