Palmeiras tenta valorizar garotos em torneio na Espanha

Sem oportunidades no time principal, lateral Amaral, que estava na seleção sub-20, pode acompanhar o grupo

Juliano Costa, do Jornal da Tarde,

20 de julho de 2007 | 20h30

A diretoria do Palmeiras espera valorizar o time sub-20 com a participação no tradicional Torneio Cotif, que será disputado na cidade de L’Alcúdia, na Espanha, de 16 a 24 de agosto. Jogadores que já passaram pelo time principal, como os meias Bruno Farias e Rick, devem fazer parte do grupo, que medirá forças com equipes como Valencia e Sevilla, adversários na primeira fase ao lado do Atlético Mineiro - na outra chave estão Real Madrid, Levante, Vasco e Guaraní, do Paraguai.Quem também deve participar da viagem é o lateral-direito Amaral, que defendeu a seleção sub-20 no Mundial do Canadá e ainda não foi relacionado desde sua reapresentação. Ele tem reclamado da falta de chances no time principal, e, internamente, membros da diretoria não apostam no jogador, que chegou do Fortaleza em janeiro do ano passado e até agora pouco rendeu. Por isso, a esperança é que ele possa ser negociado depois de sua participação no torneio de garotos.Os direitos de imagem dos jogadores, que estavam atrasados, seriam pagos nesta sexta, com o dinheiro recebido pela venda do meia Michael ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia - o valor líquido para o Palmeiras é pouco superior a R$ 5 milhões, já descontada a quantia destinada aos investidores da Cesta de Atletas. O negócio vai continuar operando, apesar do alerta da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) aos investidores.PrecauçãoO acidente com o avião da TAM, na terça-feira, deixou os jogadores e a diretoria preocupados, tanto que a chegada do time de na segunda-feira, depois do jogo contra o Paraná, será em Cumbica, e não em Congonhas. "Todo cidadão sente medo neste momento. É duro descer num aeroporto em que circulam 44 aviões por hora numa pista curta", disse o técnico Caio Júnior. "Eu, como pessoa pública, me sinto no direito de fazer uma crítica que todo mundo gostaria. Precisamos, no mínimo, de segurança."

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasTorneio Cotif

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.