Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Palmeiras testa a força do novo elenco diante do Bragantino

Oswaldo escala time reserva neste sábado, no Allianz Parque

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

07 Março 2015 | 07h05

Uma das virtudes mais destacadas pelo técnico Oswaldo de Oliveira, dirigentes e boa parte da torcida do Palmeiras é o fato da equipe ter muitas peças de reposição e um elenco de qualidade. Neste sábado, é a primeira chance de mostrar que tudo isso não é apenas discurso. Preocupado com o desgaste dos atletas, o treinador resolveu poupar praticamente todo o time diante do Bragantino, às 18h30, no Allianz Parque.

Dos considerados titulares, apenas Fernando Prass e Zé Roberto vão para o jogo. O zagueiro Vitor Hugo e o meia Robinho estão fora, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Assim, jogadores que tiveram poucas oportunidades vão aparecer no time, como Victor Ramos, Amaral e Maikon Leite. O lateral-direito João Pedro estreia na temporada, no lugar de Lucas.

"A volta foi muito cansativa e jogamos em um campo pesado", justificou o treinador para falar dos atletas poupados. O fato é que o clássico com o Santos também é algo que fez ele optar pela preservação da maioria dos jogadores.  Será uma boa oportunidade para o treinador ter uma ideia do potencial de seus reservas, que mesmo com a falta de entrosamento, podem desempenhar um bom papel, já que o adversário não deve oferecer grandes riscos.

O Bragantino tem apenas três pontos, sendo o time de segunda pior campanha no Campeonato Paulista, à frente só do Marília, que somou um ponto. Além disso, mais uma vez a arena deve ter um bom público. Até a noite de sexta-feira, tinham sido vendidos 24 mil ingressos para a partida.  "Ainda não vi torcida como essa. É uma torcida sensacional e me sinto muito mais motivado e alegre de trabalhar no Palmeiras hoje por tudo isso", disse Oswaldo, que sempre faz questão de demonstrar carinho pelos palmeirenses.

Além de poder ver alguns reservas em ação, o torcedor deve ter, finalmente, a oportunidade de ver Gabriel Jesus em ação, pelo menos por alguns minutos. Como aconteceu diante do Vitória da Conquista, o garoto vai ficar no banco de reservas e com grandes chances de atuar desta vez.

"Muito legal. Ele é um menino muito tímido. O levei nessa viagem por isso mesmo. Levei 23 jogadores e não levei um zagueiro justamente para levar o Gabriel, embora tenha contado com outro atacante também (Leandro Pereira)", explicou.

Além de Gabriel Jesus, outro jogador que a torcida está ansiosa para ver em campo é Cleiton Xavier. O meia foi regularizado ontem no BID e já pode reestrear pela equipe alviverde. Ele deve atuar no dia 12 de abril, quando começa as quartas de final do Paulista.

No Bragantino, o técnico Márcio Araújo vai escalar o time no 4-3-3. O volante Léo Gago, que estava no Palmeiras no ano passado, é um dos jogadores mais conhecidos da equipe de Bragança Paulista que não poderá contar com o meia Caio, machucado.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Jackson, Victor Ramos e João Paulo; Amaral, Renato, Zé Roberto, Maikon Leite e Rafael Marques; Leandro Pereira

Técnico: Oswaldo de Oliveira

BRAGANTINO: Lauro; Diego Macedo, Ferreira, Thiago Martinelli e Pará; Uchoa, Adilson Goiano e Léo Gago; Erick, Igor Sartori e Diego Maurício

Técnico: Márcio Araújo

JUIZ: Luiz Flávio de Oliveira

LOCAL: Arena do Palmeiras

HORÁRIO: 18h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.