Palmeiras testa a sua força no Rio contra o Flamengo

Roberto Carlos fez seu show no último sábado para comemorar os 50 anos de carreira. Nesta quarta-feira, a partir das 21h50, Flamengo e Palmeiras buscam no Maracanã ter tanto sucesso quanto o Rei. O espetáculo deve perder um pouco do brilho por causa do estado do gramado, prejudicado após o evento do fim de semana.

DANIEL AKSTEIN BATISTA, Agencia Estado

15 de julho de 2009 | 07h42

Em campo, o visitante tenta manter uma invencibilidade de 10 jogos na temporada para dar força a Jorginho, prestes a ser efetivado no cargo de treinador. Os números jogam a favor do Palmeiras. A última derrota ocorreu em 17 de maio - para os reservas do Internacional (2 a 0). No sábado, a goleada sobre o Náutico por 4 a 1 deu força a Jorginho. A diretoria passou a cogitar a hipótese de efetivá-lo, encerrando a busca por técnico.

Nesta quarta, vitória no Rio de Janeiro mostrará aos diretores que Jorginho tem condições de ser promovido. Uma derrota, desde que não seja por goleada, não deve mudar muito a situação. Segundo Toninho Cecílio, gerente de futebol, o jogo do Maracanã não trará consequências.

O Palmeiras não contará com o suspenso Willians, o machucado Souza e Obina, proibido por cláusula contratual de enfrentar seu ex-time. Assim, Edmílson deve ganhar uma vaga de volante, Deyvid Sacconi, de meia e Diego Souza será adiantado para formar dupla com Ortigoza no ataque.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.