Palmeiras testa formação titular com Lucas Lima e Felipe Melo

Palmeiras testa formação titular com Lucas Lima e Felipe Melo

Roger Machado organiza treino tático com a presença de reforços no time na véspera do primeiro jogo-treino do ano

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

11 de janeiro de 2018 | 18h48

O técnico Roger Machado, do Palmeiras, começou a esboçar nesta sexta-feira a formação titular que vai utilizar no começo de ano para as primeiras partidas na temporada. Ainda sem poder contar com todos os jogadores, o treinador comandou um trabalho tático com as presenças entre os titulares de três dos cinco reforços para 2018: Marcos Rocha, Diogo Barbosa e Lucas Lima.

+ Cirurgia afasta Jean do time por dois meses

+ Victor Luís comemora nova chance no Palmeiras

Na véspera do jogo-treino com o Atibaia, marcado para sexta-feira, Roger escalou o time titular com revezamento entre os goleiros e a formação de linha com: Marcos Rocha, Antonio Carlos, Luan e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Tchê Tchê e Lucas Lima; Keno (Willian), Dudu e Borja. Possíveis titulares como o zagueiro Edu Dracena e o meia Moisés ficaram na área interna e não participaram.

O trabalho consistia na presença em campo de duas equipes, além de dois curingas, caracterizados por coletes de uma outra cor. Também se posicionaram no gramado quatro jogadores próximos a cada uma das linhas de escanteio e que tinham como papel auxiliar em tabelas. A formação reserva teve na linha: Mayke, Emerson Santos, Juninho e Victor Luís; Thiago Santos, Bruno Henrique, Hyoran, Guerra e Michel Bastos; Deyverson.

O treino teve duração mais curta, de cerca de uma hora. Um temporal atrasou o início e fez a atividade ser mais curta. A equipe titular escalada nest quinta deve ser a mesma escolhida para começar a partida contra o Atibaia, na Academia de Futebol. A estreia do Palmeiras no Campeonato Paulista está marcada para 18 de janeiro, diante do Santo André, no Allianz Parque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.