Palmeiras torce para que Romário fique como técnico

Jogadores temem a presença dele em campo pelo 'faro de gol' apurado do atacante vascaíno

Juliano Costa, Jornal da Tarde

23 de outubro de 2007 | 14h42

Os jogadores palmeirenses torcem para que Romário seja efetivado como técnico do Vasco - e que ele não entre em campo contra o Verdão, domingo, em São Januário. O atacante assumiu interinamente o comando do time carioca, após a demissão de Celso Roth. A princípio, será técnico apenas no jogo desta quarta-feira contra o América, do México, pela Copa Sul-Americana, no Rio. Mas sua efetivação no cargo ainda não está descartada. Veja também: Romário dará certo como técnico do Vasco?"Romário é um excelente jogador, mas como técnico ainda não fez sua primeira partida. Espero que ele esteja no banco no domingo. Vai ser melhor pra gente", brincou o volante Makelele, fã confesso. "Independentemente da idade (41 anos), Romário é Romário. Dentro de campo ele daria muito trabalho pra gente." O lateral-esquerdo Leandro também elogiou o faro de gol de Romário. Sempre brincalhão, completou: "Seria bom se o jogo fosse de manhã, assim ele nem apareceria no estádio. Mas como está marcado para as 18h10, com certeza ele estará lá." Com apenas dois gols sofridos nos últimos seis jogos, o Palmeiras ocupa a segunda colocação no Campeonato Brasileiro, com 81% de chances de classificação para a Copa Libertadores, segundo o matemático Tristão Garcia. Mas o título, todos admitem, já é do São Paulo, que está 13 pontos à frente: tem 67, contra 54 do Palmeiras. "Temos de ser realistas. Eles já são campeões", disse Makelele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.