Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras trata clássico com cuidado para não 'estragar' data

Equipe ignora bom retrospecto com o São Paulo para corrigir falhas e celebrar com vitória centésimo jogo na arena

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

07 Março 2018 | 11h00

O centésimo jogo do Palmeiras no Allianz Parque será contra o adversário que jamais pontuou na nova arena. Ainda assim, mesmo com cinco vitórias em cinco encontros e sem o rival, o São Paulo, fazer grande campanha no Campeonato Paulista, a equipe alviverde trabalha com cuidado e se prepara para não perder o excelente retrospecto justamente em uma data comemorativa.

+ Clube mantém cautela para buscar zagueiro

+ Dudu acerta renovação por mais dois anos

"Temos que tomar cuidado e ficar em alerta, até porque já estamos sem vencer há quatro jogos", disse o técnico Roger Machado na segunda-feira. Os dois empates e duas derrotas seguidas não impediram o Palmeiras de se classificar com antecedência para as quartas de final, porém dificultaram a missão do clube de confirmar a melhor campanha da fase de grupos.

Para voltar a vencer, a equipe espera manter os números contra o São Paulo no Allianz Parque. O Palmeiras tem 16 gols marcados e apenas três sofridos contra o rival na arena. As cinco vitórias renderam ainda momentos marcantes para o torcedor alviverde, com os gols por cobertura de Robinho, em 2015, e de Dudu, em 2017, ambos relembrados até hoje.

A preparação para o clássico incluiu como cuidados poupar titulares, como feito na segunda-feira. Na derrota para o São Caetano, foram dez mudanças em comparação ao time que na semana anterior venceu o Junior, em Barranquilla, pela Copa Libertadores. Além disso, o treinador vai adotar mistério e fechar o treino desta quarta-feira, o último antes do clássico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.