Palmeiras treina bola parada para vencer na Argentina

Os palmeirenses esperam por um jogo tenso, em Rosario, nesta quinta-feira. Dizem que o Palmeiras jogará fechado, esperando os espaços deixados pelo time argentino para encaixar um contra-ataque. Por isso mesmo, não têm dúvidas: as melhores chances de gol deverão surgir de lances de bola parada. ?É aí que podemos ganhar o jogo?, diz o volante Corrêa, o especialista do time em cobranças de faltas e escanteios.?Numa partida nervosa como essa, é difícil criar muitas oportunidades de gol. Quando surgirem, temos de estar preparados. Treinamos muito esse fundamento?, diz Corrêa, que fez seis cruzamentos que resultaram em gols nesta temporada - dois a mais que o lateral-direito Paulo Baier. Vale lembrar, também, que o Verdão só está na Libertadores graças a um gol de falta marcado por Corrêa no último jogo do Brasileirão do ano passado - vitória por 3 a 2 sobre o Fluminense, no Estádio Palestra Itália.Os gols originados de bolas alçadas na área têm saído com freqüência nos jogos do Palmeiras. Nas últimas dez partidas, dos 21 gols, 11 saíram de cruzamentos pelo alto. Na vitória por 4 a 2 sobre a Ponte Preta, domingo, no Palestra Itália, os quatro gols do Palmeiras foram marcados em bolas alçadas na área.O "cabecinha de ouro" do Palmeiras é Washington - três dos seis gols que marcou na temporada foram de cabeça. Os zagueiros Daniel, Gamarra, Douglas (todos duas vezes) e Thiago Gomes (uma) também já marcaram de cabeça este ano. Douglas e Thiago, porém, não jogam hoje. O primeiro, machucado; e o segundo não foi inscrito na Copa Libertadores.ReforçosO atacante Rodrigo Tiuí, que foi emprestado pelo Fluminense ao Noroeste, admitiu nesta quarta-feira que tem ?quase tudo certo? para defender o Palmeiras no final do Campeonato Paulista até o fim do ano. ?Não pretendo voltar ao futebol do Rio e quero fazer o meu melhor no Palmeiras. Faltam só detalhes, mas vai dar tudo certo?, disse à Rádio Record.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.