Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras treina em Orlando com a visita do francês Thierry Henry

Agora como técnico de time canadense, atacante conversa com Luxemburgo e ganha camisa da equipe alviverde

Redação, O Estado de S. Paulo

17 de janeiro de 2020 | 16h32

A atividade do Palmeiras em solo americano nesta sexta-feira teve a presença de uma personalidade do futebol. O ex-atacante francês Thierry Henry acompanhou o trabalho da equipe em Orlando, na véspera da partida entre a equipe alviverde e o New York City, pela Florida Cup. Agora como treinador, o ídolo do Arsenal estava no mesmo local com a equipe que dirige, o Montreal Impact, do Canadá.

Os dois times treinaram em campos vizinhos. Ao fim dos trabalhos, técnico alviverde Vanderlei Luxemburgo e o francês se encontraram e conversaram. O volante Gabriel Menino até aproveitou para presentear o francês com uma camisa da equipe. Henry está com 42 anos e foi contratado pelo Montreal em novembro. Apesar de ser sediado no Canadá, o clube disputa a liga americana.

O trabalho do elenco do Palmeiras foi em campo reduzido, com ênfase na troca de passes, na agilidade e na força física. Novamente o treinador decidiu colocar para trabalhar separado dos demais do elenco os jogadores que estão com negociações em andamento para sair: o meia Gustavo Scarpa (possível reforço do Almería, da Espanha) e o volante Matheus Fernandes (que deve reforçar o Barcelona).

O jogo do Palmeiras com o New York City será neste sábado às 16 horas. Após ter derrotado o Atlético Nacional nos pênaltis na quarta-feira, o time de Luxemburgo deve entrar em campo escalado com: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Patrick de Paula, Bruno Henrique e Lucas Lima; Raphael Veiga, Dudu e Luiz Adriano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.