Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras treina sem Luiz Adriano e Luxemburgo deve poupar titulares contra Sport

Artilheiro alviverde deixou o jogo contra o Corinthians com dores na coxa esquerda; exames deram negativo para lesão, mas ainda assim deve ser poupado

Redação, Estadão Conteúdo

12 de setembro de 2020 | 16h20

O Palmeiras encerrou na manhã deste sábado a preparação para o jogo com o Sport, pelo Brasileirão, domingo, às 19h45, com escalação indefinida, palestra sobre mudanças nas regras da Copa Libertadores e ausência do artilheiro Luiz Adriano no campo. De olho no jogo contra o Bolívar, quarta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo pode dar descanso a alguns titulares.

Luiz Adriano deixou o clássico contra o Corinthians, quinta-feira, com dores na coxa esquerda. Exames não constataram lesão, mas ele dificilmente enfrenta os pernambucanos no Allianz Parque. Deve ser resguardado para a Libertadores.

Abre, assim, disputa no ataque entre Gabriel Veron - que ficou seis meses afastado por lesão -, autor de dois gols nos últimos jogos e buscando melhor ritmo, e Willian, que também foi bem diante de Red Bull Bragantino e Corinthians. A dupla pode até jogar junta, custando a vaga para Wesley.

Outras mudanças podem acontecer na zaga, com Vitor Hugo de prontidão para pintar no lugar do experiente Gustavo Gómez, e no meio-campo, com a possibilidade de os meninos Gabriel Menino e Patrick de Paula ganharem um descanso. Seriam substituídos, respectivamente, por Ramires e Bruno Henrique. O jovem Danilo corre por fora.

Luxemburgo só revelará o time momentos antes de a bola rolar no Allianz Parque. Ao mesmo tempo em que o clube prioriza a Libertadores, sabe que não pode deixar o Brasileirão de lado. Portanto, usará um time forte também em casa para defender a invencibilidade na competição e para tentar diminuir a distância de quatro pontos do líder Internacional (20 a 16).

Antes de Luxemburgo realizar trabalhos de posicionamento defensivo e transição de jogo ao ataque, na Academia de Futebol, os atletas assistiram a uma apresentação do diretor de futebol, Anderson Barros, que explicou as mudanças no regulamento da Libertadores, que retorna no meio de semana, após paralisação de mais de seis meses em razão da pandemia, e reforçou os protocolos sanitários de segurança na prevenção da covid-19.

O Palmeiras embarcará para a Bolívia logo após o jogo com o Sport, neste domingo. A delegação terá os reforços do zagueiro Felipe Melo e do lateral-direito Marcos Rocha, recuperados de lesão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.