Palmeiras usa Gamarra para conhecer melhor o Cerro

Gamarra assumiu o papel de espião do Palmeiras. O zagueiro paraguaio tratou de reunir e passar o maior número de informações sobre o Cerro Porteño, clube em que começou sua carreira profissional em 1991 e que será o adversário desta quarta-feira, em Assunção, pela Libertadores.Segundo o zagueiro, o Cerro tem um elenco jovem e de muita garra. ?Vamos jogar contra meninos que amam o time, que cresceram no clube. Eles não jogam por dinheiro, jogam pela time. São jogadores novos que vão tentar fazer o melhor para eles e achar marcado para sair do Paraguai?, disse Gamarra. ?Não é um time muito experiente, mas tem toda a vontade de jogar a Libertadores e enfrentar uma equipe experiente como o Palmeiras.? Além do time do Cerro, Gamarra falou aos colegas sobre o estádio em que será realizado a partida, o ?La Olla?, considerado pelos paraguaios uma ?panela de pressão?. ?Mas não deveremos ter problemas quanto a isso. O campo é muito bom?, avisou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.