Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras usa semana sem jogos para recuperar atacantes

Deyverson e Borja não treinaram no gramado, mas devem estar à disposição para o jogo diante do Ceará

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2018 | 19h40

Os atacantes Deyverson e Borja não treinaram no gramado da Academia de Futebol do Palmeiras nesta quarta-feira. Os dois fizeram exercícios nas dependências internas do CT e ainda não são motivos de preocupação para a comissão técnica para o jogo diante do Ceará, domingo, no Pacaembu. Felipão está utilizando a semana sem jogos para recuperar o grupo.

Borja voltou dos amistosos com a seleção colombiana e será opção para o jogo no Campeonato Brasileiro. Normalmente, o atacante atua apenas nos jogos da Libertadores.

O goleiro Weverton, que não havia treinado no gramado nesta terça-feira, exercitou-se normalmente. O camisa 21 havia sido poupado da vitória diante do Grêmio, dando chance a Fernando Prass no Pacaembu. A  imprensa pôde acompanhar apenas os primeiros dez minutos do trabalho no gramado.

Os desfalques certos para enfrentar o Ceará são o zagueiro Gustavo Gómez e o volante Thiago Santos, que estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O lateral-esquerdo Victor Luis e o volante Felipe Melo voltam a ficar à disposição. Os dois devem ser titulares. Na zaga, Edu Dracena, Antônio Carlos e Luan disputam as duas vagas.

Felipão recebeu a visita do técnico Fernando Diniz, que defendeu o Palmeiras como jogador em 1996. Ele está desempregado desde 25 de junho, quando foi demitido pelo Atlético-PR com 34% de aproveitamento e em penúltimo lugar no Brasileiro.

O Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro com 59 pontos, três de vantagem para o segundo colocado Inter, a nove rodadas do fim da competição. Depois de enfrentar o Ceará, o Palmeiras viaja para Buenos Aires para enfrentar o Boca Juniors, na Argentina, no primeiro jogo das semifinais da Libertadores.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.