Reprodução Palermo/Site Oficial Palmeiras
Reprodução Palermo/Site Oficial Palmeiras

Palmeiras vai acionar Crefisa para pagar R$ 14 milhões por Bruno Henrique

Volante ex-Corinthians assina contrato por três anos e deve ser inscrito para a disputa da Copa Libertadores

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

15 de junho de 2017 | 14h25

Anunciado nesta quinta-feira pela manhã como reforço do Palmeiras, o volante Bruno Henrique deve ter a contratação bancada pela patrocinadora do clube, a Crefisa. O jogador ex-Palermo, da Itália, assinou vínculo até 2020. O Estado apurou que a diretoria vai acionar a empresa para pagar pela vinda do atleta, em uma negociação que custará cerca de R$ 14,2 milhões.

O clube italiano foi rebaixado à Série B do país ao fim da última temporada. O descenso contribuiu para o ex-corintiano Bruno Henrique ter interesse de voltar ao futebol brasileiro. As negociações se iniciaram com o desejo palmeirense de firmar o empréstimo de uma temporada, até o acordo ser fechado com a assinatura por três anos. A confirmação foi do acerto veio nesta quarta, na página dos empresários de Bruno Henrique no Instagram.

A Crefisa já bancou a vinda de outros reforços trazidos nesta temporada, como o atacante Borja, o meia Guerra, o zagueiro Luan, o lateral Fabiano, além da compra de mais 50% dos direitos econômicos do atacante Dudu. A patrocinadora master do Palmeiras vai aplicar no clube neste ano cerca de R$ 150 milhões, entre o contrato de anunciante e a vinda de reforços para o elenco.

Bruno Henrique aguarda a abertura da janela de transferências internacionais, no dia 20, para ser apresentado. Na próxima semana o jogador já deve começar os treinos na Academia de Futebol. O técnico Cuca disse nesta quarta, após a derrota para o Santos, na Vila Belmiro, que conta com o reforço para a disputa das oitavas de final da Libertadores, em julho, contra o Barcelona, do Equador.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.