Palmeiras vai pagar multa de R$ 1 milhão para Felipão

Treinador foi demitido do clube nesta quinta-feira

JT

14 de setembro de 2012 | 13h34

SÃO PAULO - Felipão receberá uma indenização por ter sido desligado antes do fim do contrato, como confirmou o vice-presidente financeiro Walter Munhoz ao portal do UOL ainda na quinta-feira. Fala-se que o valor é de R$ 1 milhão. A conquista da Copa do Brasil foi um divisor de águas nesta segunda passagem de Felipão pelo Palmeiras. O elenco fez um esforço físico e se fechou para atingir o objetivo. Depois da conquista, os problemas de relacionamento entre o treinador e alguns atletas começaram a pipocar. O vazamento de informações – a que mais irritou parte do grupo foi a de que Felipão achava que Maikon Leite e Daniel Carvalho estavam "se escondendo" no departamento médico num momento que exigia sacrifícios – minou o convívio entre comandante e comandados. Coincidência ou não, ontem nenhum jogador ficou no departamento médico – exceto Marcos Assunção, Wesley e Fernandinho, que se recuperam de cirurgias.

Com a saída do Palmeiras, Felipão fica livre para ser procurado por seleções que pretendem disputar o Mundial de 2014 no Brasil. E a Seleção Brasileira é uma possibilidade que não pode ser descartada. Caso Mano Menezes seja demitido por José Maria Marin, seu nome surgirá com força entre os cotados.

CRONOLOGIA

Julho de 2010

É contratado pelo Palmeiras e apresentado com muita festa.

Novembro de 2010

Chega na semifinal da Copa Sul-Americana, mas é eliminado pelo Goiás após uma derrota de virada no Pacaembu por 2 a 1. A diretoria culpou o elenco pela queda. 

Dezembro de 2010

Felipão reclama das sucessivas lesões de Valdivia, o chileno protesta e diz que precisa ser respeitado para continuar no clube.

Maio de 2011

Palmeiras é eliminado na semifinal do Paulista nos pênaltis pelo Corinthians e Felipão critica a arbitragem. Tite ironiza e diz que o palmeirense “fala muito!” Problemas com arbitragem se tornaram corriqueiros para o treinador.

Junho de 2011

Após o Palmeiras golear o Avaí por 5 a 0, Kleber dá entrevista no gramado reclamando que não estava sendo valorizado e que recebeu proposta do Flamengo. Após cinco meses de discussões com dirigentes e com o treinador, o atacante foi para o Grêmio.

Outubro de 2011

João Vitor é agredido por torcedores na frente da loja oficial do Palmeiras. Felipão cogita a possibilidade de o volante ser o culpado.

Janeiro de 2012

Felipão cobra a contratação de reforços de peso, que ele chamava de “camarões”. A demora na chegada de reforços fez o treinador reclamar publicamente da diretoria várias vezes.

Abril de 2012

Palmeiras perde para o Guarani nas quartas de final do Paulista, Felipão entrega o cargo, mas a diretoria não aceita.

Junho de 2012

Palmeiras é campeão da Copa do Brasil de forma invicta.

Setembro de 2012

Após reunião entre dirigentes e o treinador, Felipão deixa o comando do time.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasBrasileirãoFelipão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.