Palmeiras vence Atlético-PR e garante vaga na semifinal

O Palmeiras garantiu a sua presença nas semifinais da Copa do Brasil. A classificação veio com a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-PR, na noite desta quarta-feira, na Arena Barueri, depois do empate por 2 a 2 no jogo de ida, semana passada, em Curitiba. O próximo adversário palmeirense será conhecido apenas nesta quinta, quando acontece o confronto entre Grêmio e Bahia.

AE, Agência Estado

23 de maio de 2012 | 21h29

Diante de um adversário que disputa atualmente a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras conseguiu confirmar o favoritismo no confronto das quartas de final e segue vivo na luta pelo seu segundo título na história da Copa do Brasil. A última participação palmeirense nas semifinais da competição nacional tinha sido em 1999, quando foi eliminado pelo Botafogo.

O primeiro tempo foi fraco tecnicamente. Sem criatividade dos dois lados e com excessivos erros de passe, prevaleceu a marcação. Assim, foram raríssimas chances de gol nos 45 minutos iniciais. O Atlético-PR tentou explorar a velocidade do equatoriano Guerrón, sem sucesso. E o Palmeiras sofreu com a ausência do argentino Barcos, suspenso - Betinho estreou em seu lugar.

O Atlético-PR teve chance de abrir o placar 14 minutos, quando Bruno Mineiro recebeu livre dentro da área, demorou para chutar e foi desarmado. O Palmeiras levou perigo com sua principal jogada, a bola parada de Marcos Assunção, mas o goleiro pegou a cobrança de falta aos 33. Depois, já aos 43, Valdivia deu bom passe para Betinho, que finalizou para a boa defesa de Rodolfo.

Com problemas físicos, Guerrón não voltou para o segundo tempo - foi substituído por Edigar Junio. E, sem ele, o Atlético-PR perdeu força ofensiva. Assim, o Palmeiras passou a dominar o jogo, ficando quase sempre com a bola no campo de ataque. Mas faltou qualidade na hora de criar a jogada de gol. João Vítor até que teve boa chance aos dois minutos, quando cabeceou para fora.

Fazendo uma atuação apagada em sua estreia, Betinho foi substituído por Luan aos 15 minutos. Logo depois, o técnico Luiz Felipe Scolari também trocou Mazinho por Maikon Leite. E o gol palmeirense saiu justamente dos dois jogadores que tinham acabado de entrar em campo. Aos 23, Maikon Leite fez linda jogada e cruzou para Valdivia, que só rolou para Luan chutar forte e fazer 1 a 0.

Depois do gol sofrido, o Atlético-PR se arriscou mais no ataque, porque precisava virar para 2 a 1 para se classificar. Assim, abriu espaço para o Palmeiras, que soube aproveitar. Aos 37 minutos, Maikon Leite cobrou escanteio, Valdivia escorou a bola de cabeça e Henrique cabeceou para fazer 2 a 0. Aí, a torcida palmeirense pôde comemorar a vaga nas semifinais da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 2 x 0 ATLÉTICO-PR

PALMEIRAS - Bruno; Cicinho, Henrique, Leandro Amaro e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vítor (Patrik) e Valdivia; Mazinho (Maikon Leite) e Betinho (Luan). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

ATLÉTICO-PR - Rodolfo; Pablo, Manoel, Renan Foguinho e Heracles (Gabriel Marques); Deivid, Alan Bahia (Ricardinho), Zezinho e Martín Ligüera; Guerrón (Edigar Junio) e Bruno Mineiro. Técnico: Juan Carrasco.

GOLS - Luan, aos 23, e Henrique, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

CARTÕES AMARELOS - João Vítor, Valdivia, Betinho e Zezinho.

RENDA - R$ 460.195,00.

PÚBLICO - 17.574 pessoas.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.