Palmeiras vence e convence no último teste

O Palmeiras venceu e convenceu no seu último amistoso antes da estréia no Campeonato Paulista, quarta-feira, diante do Paulista, no Parque Antártica. O time de Jair Picerni mostrou a mesma eficiência do ano passado, quando brilhou na conquista do título brasileiro da Série B, merecendo golear o Comercial, da Série A2, por 4 a 1, no estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto. No final do jogo, Picerni voltou a elogiar o empenho do time. "Tem que ter esta pegada sempre, em amistoso ou jogo oficial". Ele disse que ainda espera por três reforços para fechar o grupo para o início da temporada. "Pelo menos é o que está combinado nas conversas com a diretoria", completou. Um dos nomes é mesmo o meia Adriano, do Atlético Paranaense. O Palmeiras entrou em campo disposto, esquecendo a condição do amistoso. É que na semana passada, em jogo-treino com o Oeste, em Itápolis, tinha perdido por 2 a 1. No meio de semana já melhorou ao vencer o União São João, por 5 a 2. Com muita movimentação, logo o Palmeiras criou várias chances de gol. Mas o time da casa saiu na frente aos 21 minutos, após um cruzamento da direita em que o zagueiro Daniel não cortou e a bola sobrou livre para Rômulo. O atacante ajeitou na coxa e chutou sem deixar a bola quicar no chão. Um belo gol. A reação palmeirense foi fulminante. O empate saiu aos 24 minutos, após cobrança de falta de Elson, que Vágner Love ajeitou para a cabeçada, na pequena área, do zagueiro Leonardo. Dois minutos depois, o Palmeiras voltou a dominar o placar. Vágner Love foi lançado em posição duvidosa, ganhou da defesa e chutou duas vezes na saída do goleiro Ricardo. A bola sobrou para Magrão, quase em cima da linha de gol, completar: 2 a 1. No segundo tempo, o Palmeiras dominou o jogo e finalizou cinco vezes mais do que seu adversário. Os gols, porém, saíram só no final do jogo. Aos 41 minutos, Muñoz tocou de calcanhar para o complemento de Vágner Love. Três minutos depois ele lançou Lúcio, que enganou o goleiro com um drible de corpo e fechou o placar.

Agencia Estado,

18 de janeiro de 2004 | 19h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.