Palmeiras vence e encosta nos líderes

O jogo estava ruim, a torcida do Palmeiras dava sinais de impaciência com o time, que sem criatividade não conseguia furar o bloqueio do lanterna Oeste e parecia que o empate iria persistir até o fim. Mas aos 40 minutos do segundo tempo, Vágner Love recebeu uma bola dentro da área, de costas para o gol. Girou rápido, livrando-se da marcação, ficou de frente para o goleiro João Paulo. Aí, foi fatal. Um chute forte, de esquerda, no ângulo, sem chance de defesa. Palmeiras 2 a 1 e Vágner artilheiro do Campeonato Paulista, com oito gols. Ele igualou-se ao são-paulino Luís Fabiano, que passou em branco neste domingo.Os jogadores do Palmeiras entraram em campo carregando uma faixa parabenizando uma torcida organizada do time, que no samba conseguiu a promoção para o grupo de elite do carnaval paulistano. Mas, em campo, o time teve problemas na evolução. Não que não tenha dominado, até porque o frágil Oeste, mesmo precisando vencer, optou por congestionar o setor defensivo para, quando fosse possível, tentar algo.Como nos primeiros 15 minutos seus jogadores não se movimentavam, o Palmeiras teve dificuldade. Depois o futebol do time melhorou, embora nada que enchesse os olhos da torcida. Suficiente, porém, para fazer 1 a 0, aos 32 minutos. Após escanteio, Adriano Chuva disputou com a zaga e a bola sobrou para Pedrinho, livre, marcar.Na etapa final, o Oeste, com o time alterado, até que arriscou um pouco no início. Empatou aos 11 minutos, após a marcação de um pênalti discutível de Diego Souza em Saulo. Marcos Richard converteu cobrando no campo direito do goleiro Diego Cavalieri - substituiu Marcos, que no aquecimento sentiu contusão no polegar esquerdo.Depois disso, o Palmeiras voltou a procurar a vitória. Mas o Oeste se fechou, Pedrinho caiu de produção, Diego Souza também e as opções de jogadas rarearam. Então, apareceu Vágner, que não fazia grande partida, mas sabe aproveitar as oportunidades que tem.A vitória deixou o Palmeiras (16 pontos e em terceiro no Grupo 2) bem próximo da classificação. Ao Oeste, com seis pontos negativos, restou a tristeza do rebaixamento (não pode mais alcançar o União, que ganhou 1 mísero ponto até agora). A não ser que o clube consiga reverter no STJD a perda de 12 pontos que lhe foi imposta pelo tribunal da FPF. A diretoria entra nesta segunda-feira com recurso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.