Palmeiras vence e está classificado

Com gols de Fábio Júnior - o primeiro do jogador com a camisa alviverde -, Lopes e Galeano, o Palmeiras venceu o Sport Boys por 3 a 0 nesta quarta-feira à noite, no jogo de volta entre as duas equipes pela Libertadores da América. Com o resultado, o time brasileiro soma 10 pontos no grupo 2 e está classificado às oitavas-de-finais da competição. O líder do grupo é o Cerro Porteño, do Paraguai, com 13 pontos em 5 jogos.Apesar da vitória, o clima foi tenso no Parque Antarctica. O time do Palmeiras foi vaiado e o técnico Celso Roth foi xingado de "burro" durante boa parte do jogo. Contra uma equipe que fora goleada pelo próprio Palmeiras por 4 a 1, em Lima, Roth escalou três volantes - Galeano, Fernando e Taddei - e deixou Lopes e Tuta no banco.Aos 15 minutos de jogo, Fernando contundiu o joelho e o treinador o substituiu por Magrão, outro volante, o que irritou ainda mais a torcida. Aos 17 minutos do segundo tempo, quando a torcida pedia Tuta, Roth trocou Basílio por Lopes. A torcida continuou reclamado. Queria Tuta. Aos 26 minutos, Tuta finalmente entrou, no lugar de Taddei.O jogo foi tenso para o clube brasileiro desde os primeiros minutos. O time do Sport Boys impôs forte marcação, começando pelo campo adversário. Sem espaço para jogar, o Palmeiras conseguiu sua primeira jogada de gol apenas aos 16 minutos de jogo, num chute de Alex que obrigou o goleiro Quesada a fazer grande defesa.O primeiro gol da partida aconteceu aos 23 minutos. Numa cobrança de falta de Alex, Fábio Júnior cabeceou, sem marcação, no canto direito. Apesar do gol e de sua superioridade técnica, o time do Palmeiras tomou um susto aos 34 minutos. Num contra-ataque, o meia Furiga avançou sozinho e chutou cruzado. A bola bateu na trave.O Palmeiras criou oportunidades aos 11 minutos, com Alex, aos 16, com Daniel, e aos 24 minutos, com Lopes. O segundo gol aconteceria apenas aos 38 minutos do segundo tempo, numa cobrança de falta de Lopes. Quatro minutos depois, Felipe avançou pela esquerda e cruzou para Galeano, que fez 3 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.