Celio Messias/AE
Celio Messias/AE

Palmeiras vence e lidera o Paulistão

Time bate o Mirassol por 1 a 0 e supera o Santos na classificação do campeonato

TERCIO DAVID - estadão.com.br

02 de fevereiro de 2011 | 23h50

SÃO PAULO - O Palmeiras é o novo líder do Paulistão. Apesar de novamente não apresentar um futebol convincente, o time venceu o Mirassol por 1 a 0 nesta quarta-feira, no Estádio Jose Maria de Campos Maia, em Mirassol, pela sétima rodada do campeonato.

Com o resultado, o Palmeiras chegou a 16 pontos, dois a mais que o vice-líder Santos. O Mirassol segue com 10 pontos e ocupa provisoriamente a quarta colocação.

Na próxima rodada, o Palmeiras encara o clássico contra o Corinthians, no Pacaembu, no domingo, às 17 horas. Um pouco mais tarde, às 19h30, o Mirassol visita o Bragantino, no Nabi Abi Chedi.

Começo bom. O Palmeiras começou dominando completamente o jogo e poderia ter até aberto o placar antes dos 25. O goleiro do Mirassol foi o destaque do primeiro tempo, com pelo menos quatro defesas complicadas. No lance mais impressionante, Fernando Leal pegou dois chutes à queima-roupa em sequência, primeiro de Luan - da marca do pênalti - e o segundo de Dinei - dentro da pequena área.

No final da primeira etapa, o Mirassol conseguiu se organizar em campo, o suficiente para assustar o goleiro Deola, principalmente quando contra-atacou pelo seu lado esquerdo.

No segundo tempo foi a vez do Mirassol começar melhor, ou pelo menos com mais disposição para jogo. O Palmeiras, por sua vez, ficou na esperança de encontrar um contra-ataque, ou uma cobrança de falta.

Após a metade da etapa, o Palmeiras conseguiu novamente se impor, pelo menos para afastar o Mirassol de seu campo de defesa. Com o passar do tempo, o time alviverde conseguiu empurrar o adversário cada vez mais para o seu campo.

Na base da pressão, o Palmeiras conseguiu fazer o seu golzinho, que lhe valeu a liderança do Paulistão. Aos 33, Cicnho recebeu na entrada da área e acertou belo passe para Patrik mandar cruzado.

Comemoração. O primeiro motivo para comemoração do torcedor do Palmeiras foi com a chegada da notícia do primeiro gol do Tolima, que eliminou o rival Corinthians da Libertadores.

MIRASSOL - 0 - Fernando Leal, Samuel, Gustavo Bastos, Dézinho, Diego (Renato, Magal, Jairo, Esley, Xuxa (Reinaldo Alagoano), Marcelinho e Wellington Amorim (Serginho). Técnico: Ivan Baitello.

PALMEIRAS - 1 - Deola, Cicinho (Vitor), Maurício Ramos, Thiago Heleno, Rivaldo, Márcio Araújo, João Vitor, Tinga, Adriano (Patrik), Luan (Max Santos) e Dinei. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gol - Patrick, aos 33 do seugndo tempo; Cartões amarelos - Diego, Dézinho, Esley; Árbitro - Flavio Rodrigues de Souza; Renda e público - Não disponíveis; Local - Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasCampeonato PaulistaMirassol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.