Palmeiras vence Santos e abre cinco pontos na liderança

O Palmeiras ganhou neste domingo do Santos, de virada, por 3 a 1, na Vila Belmiro, e assim voltou a ter cinco pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro, após 27 rodadas, agora com 53 pontos. Já o Santos permanece com 36 pontos e está ainda mais longe dos times que brigam por uma vaga na próxima Libertadores.

AE, Agencia Estado

04 de outubro de 2009 | 18h50

A vitória palmeirense foi conquistada com aplicação e objetividade, vistos nos lances onde saíram os gols marcados por Diego Souza, Vágner Love e Robert. Luizinho descontou para o Santos, que abusou das falhas defensivas, o que facilitou o trabalho dos atacantes do time do Palestra Itália.

A partida deste domingo começou movimentada, com várias chances de gol das duas equipes. Os principais lances saíam dos pés de Pará, pelo Santos, e de Diego Souza, pelo Palmeiras, que assustou com chutes de longa distância, aos 5 e 11 minutos.

Aos poucos, porém, o jogo ficou truncado e tecnicamente ruim, já que os dois times acertaram a marcação no meio-de-campo. Tanto que o restante da etapa inicial só teve um lance perigoso, já no final, quando Obina aproveitou erro da defesa santista para finalizar com perigo. Felipe, atento, fez boa defesa.

O Santos cresceu no início do segundo tempo, impulsionado por Madson e pelo garoto Neymar. Aos 9 minutos, a promessa cruzou para Luizinho, que bateu de primeira e colocou o time da casa em vantagem. Pouco depois, Marcos fez excelente defesa, evitando que o Santos ampliasse o marcador.

O Palmeiras chegou ao empate aos 19 minutos. Figueroa cruzou para Diego Souza, de cabeça, igualar o marcador. A partir do empate, o time do Palestra Itália passou a dominar a partida. Acuado, o Santos só conseguia ser perigoso em algumas jogadas de bola parada.

E a virada palmeirense não demorou a sair. Aos 27 minutos, Diego Souza fez boa jogada e cruzou para Robert, que havia substituído o inoperante Obina, empurrar a bola para as redes e colocar a equipe em vantagem.

Ainda havia tempo para um terceiro gol palmeirense. E ele saiu aos 31 minutos. Cleiton Xavier lançou Robert, que aproveitou bobeada de Triguinho para finalizar. A bola passou por baixo das pernas de Felipe. Vagner Love apenas tocou para a rede, definindo mais um triunfo palmeirense.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Santos visitará o Sport, na quarta-feira, às 19h30, na Ilha do Retiro. Já o Palmeiras vai receber o Avaí na quinta, a partir, da 21 horas, no Palestra Itália.

Ficha Técnica:

Santos 1 x 3 Palmeiras

Santos - Felipe; George Lucas (Luizinho), Fabão (Astorga), Eli Sabiá e Triguinho; Pará (Felipe Azevedo), Rodrigo Souto, Germano e Madson; Neymar e Kléber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Palmeiras - Marcos; Figueroa, Maurício, Danilo e Armero; Edmilson, Souza, Cleiton Xavier e Diego Souza; Obina (Robert) e Vagner Love (Willians)

Técnico: Muricy Ramalho

Gols - Luizinho, aos 9 minutos, Diego Souza, aos 19minutos, Robert, aos 27 minutos e Vagner Love aos 31 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Madson, Kléber Pereira, Neymar (Santos); Figueroa, Maurício, Willians (Palmeiras)

Renda: R$ 255.380,00

Público: 10.402 pagantes

Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho (Fifa/SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.