Cesar Greco/ SE Palmeiras
Cesar Greco/ SE Palmeiras

Palmeiras vira sobre Grêmio; torcedores invadem gramado ao fim do jogo e depredam VAR

Equipe alviverde retoma a vice-liderança e alcança a quarta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de outubro de 2021 | 18h24
Atualizado 31 de outubro de 2021 | 18h56

Em partida marcada por invasão da torcida ao gramado após o apito final, o Palmeiras deu sequência à sua boa fase derrotando, por 3 a 1, o Grêmio de virada em Porto Alegre na tarde deste domingo, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. A quarta vitória seguida na competição faz com que o Alviverde volte à vice-liderança do torneio e diminua a diferença para o líder. Os gaúchos começaram bem na partida, mas levaram a virada e a situação na briga para fugir do rebaixamento se complica.

A festa da equipe alviverde foi estragada no final. Insatisfeitos com o resultado, torcedores do Grêmio invadiram o campo ao fim da partida e tentaram entrar também no túnel que dá acesso ao vestiário. A cabine do VAR foi depredada e cadeiras foram atiradas em fotógrafos. Após o apito final, a torcida mandante já havia tentado atirar objetos nos jogadores do Palmeiras. Torcedores dos dois times também trocaram socos através de uma divisória nas arquibancadas.

Com o resultado, o Palmeiras chega a 52 pontos, volta a ultrapassar o Flamengo, que tem 49 (assim como Red Bull Bragantino) e diminui a diferença para o Atlético-MG, que agora é de sete pontos. A quarta vitória seguida vem em um momento de celebração para o Palmeiras. No último sábado, o técnico português Abel Ferreira comemorou um ano no comando do time paulista.

O Grêmio segue em situação delicada, na vice-lanterna. O time gaúcho possui 26 pontos e está a sete do Bahia, que é o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Com a derrota neste domingo, o Grêmio chega a seis jogos seguidos sem conseguir vencer o Palmeiras. São dois empates e agora quatro vitórias Alviverdes nos últimos encontros das equipes. No primeiro turno deste Brasileirão, o Palmeiras venceu por 2 a 0 no Allianz Parque, na 10ª rodada.

Nas últimas oito partidas que fez, todas pelo Campeonato Brasileiro, o Grêmio sofreu pelo menos um gol. Neste domingo, Geromel e Kannemann voltaram a formar a dupla de zaga da equipe gaúcha. O último levou cartão amarelo e fica suspenso para a próxima partida, assim como o meia Jean Pyerre.

Não demorou para que os torcedores presentes na área do Grêmio se assustassem com os chutes de perigo de Gustavo Scarpa. Logo aos 7 minutos, o meia do Palmeiras cobrou falta e acertou a trave. A resposta gremista veio com gol, três minutos depois. Douglas Costas ganhou disputa com Marcos Rocha e fez grande jogada, deixando Gustavo Gómez pelo caminho. O ponta-esquerda cruzou rasteiro para Diego Souza só tocar para o gol.

Com oscilações, o Palmeiras criou oportunidades, mas não encontrou facilidade para agredir o Grêmio, que estava ligado em campo. O time gaúcho só não ampliou devido ao goleiro Weverton, que fez grande defesa em cabeceio de Diego Souza.

A estrela de Raphael Veiga brilhou e o Palmeiras conseguiu a virada ainda no primeiro tempo, com dois gols do meia nos acréscimos. Uma bolada enfiada para Marcos Rocha na linha de fundo abriu caminho para empate. Thiago Santos foi para a dividida e derrubou o lateral-direito palmeirense. Após consultar o VAR, o árbitro marcou pênalti. Rafael Veiga cobrou no meio do gol e fez, aos 46 minutos. Três minutos depois, o mesmo Raphael Veiga recebeu bola de Scarpa com espaço, dominou e bateu rasteiro para virar o jogo para 2 a 1.

Com o Palmeiras em vantagem, os times voltaram do intervalo para um jogo mais parado do que a agitada etapa inicial. Em boa fase, o time visitante não teve dificuldades para cadenciar o jogo e dificultar uma reação gremista, mantendo sempre sua defesa bem postada durante quase todo o segundo tempo.

Em ritmo mais lento, o jogo teve algumas tentativas de longa distância. A primeira foi em falta de Veiga, espalmada por Brenno. Mais tarde, o Grêmio assustou com uma sequência de tentativas com Cortez e Lucas Silva, todas de fora da área. O gol do Grêmio amadureceu e até chegou a sair aos 40 minutos, em uma bela jogada que terminou com voleio de Elias Manoel, mas o empate foi anulado por impedimento.

Ainda deu tempo de o Palmeiras confirmar a vitória fazendo o terceiro, novamente nos acréscimos, aos 48 minutos. Danilo Barbosa, que no mesmo minuto quase havia marcado em cobrança de falta, segurou a bola na área e viu a chegada de Breno Lopes, que chutou cruzado e fechou o placar.

Daqui a exatamente uma semana, no próximo domingo, o Palmeiras volta a campo para fazer clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, e tentar manter a boa sequência de vitórias no campeonato. Já na quarta-feira, às 21h, o Grêmio dá continuidade aos jogos contra adversários de cima da tabela. A bola da vez será o líder Atlético-MG fora de casa, em jogo atrasado da 19ª rodada.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 3 PALMEIRAS

GRÊMIO – Brenno; Vanderson, Kannemann, Pedro Geromel e Cortez; Thiago Santos (Lucas Silva), Villasanti (Jaminton Campaz) e Jean Pyerre (Jhonata Robert); Alisson (Diego Churin), Douglas Costa e Diego Souza (Elias Manoel). Técnico: Vagner Mancini.

PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael (Danilo), Raphael Veiga (Breno Lopes) e Gustavo Scarpa (Wesley); Dudu (Luiz Adriano) e Rony (Danilo Barbosa). Técnico: Abel Ferreira.

GOLS – Diego Souza, aos 12, e Raphael Veiga, aos 46 e 49 minutos do primeiro tempo. Breno Lopes, aos 49 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Kannemann, Jean Pyerre, Vagner Mancini, Felipe Melo, Thiago Santos, Alisson e Luan.

ÁRBITRO – Savio Pereira Sampaio (DF).

PÚBLICO – 14.207 presentes

RENDA - R$ 650.212,00

LOCAL – Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.