Cesar Grco/Ag. Palmeiras
Cesar Grco/Ag. Palmeiras

Palmeiras volta ao Pacaembu para tentar colocar pressão sobre o Inter

Se vencer o Ceará, time de Felipão vai abrir pontos para o Inter, que joga segunda-feira, diante do Santos, no Sul

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

21 Outubro 2018 | 08h00

O Palmeiras pode abrir uma vantagem inédita na liderança do Brasileirão se vencer o Ceará, no Pacaembu, neste domingo. Em caso de triunfo, o time vai abrir provisoriamente seis pontos do segundo colocado – o Inter –, que joga apenas nesta segunda-feira, com o Santos, em Porto Alegre. Isso vai colocar pressão sobre o time do Sul. A vitória pode aumentar a sequência de jogos sem perder para 15, igualando a marca do time que foi campeão em 2016 com Cuca.

O atacante Dudu, que não tem a escalação confirmada, espera um jogo difícil. Ao longo da semana, ele afirmou que espera mais problemas do que aqueles enfrentados diante do São Paulo e Grêmio ­- o time venceu os rivais por 2 a 0. Para o atacante o maior problema será vencer a retranca do Ceará, que luta para sair da zona de rebaixamento.

Três fatores fazem com que a escalação do Palmeiras seja uma incógnita. O primeiro é a realização de vários treinos fechados ao longo da semana – a imprensa só tem acesso ao período de aquecimento. Além disso, Felipão tem de administrar o excesso de cartões amarelos: são nove atletas pendurados. Por fim, o time enfrenta o Boca Juniors, quarta-feira, no jogo de ida da semifinal da Libertadores. Isso significa que vários atletas podem ser poupados. Gustavo Gómez e Thiago Santos, suspensos com três cartões amarelos, serão desfalques. Mas Victor Luis e Felipe Melo estão  à disposição.

A torcida do Palmeiras já comprou 31 mil ingressos para a partida. Será o segundo jogo seguido do clube como mandante no estádio municipal, pois o Allianz Parque receberá o show da cantora colombiana Shakira. No último fim de semana, o time venceu o Grêmio por 2 a 0 diante de 35 mil pessoas.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras: Weverton; Mayke, Luan, Antônio Carlos e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique, Moisés, Lucas Lima e Hyoran; Deyverson. Técnico: Felipão 

Ceará: Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho, Richardson e Juninho Quixadá; Arthur, Calyson e Leandro Carvalho. Técnico: Lisca Juiz: André Castro (GO)  

Local: Pacaembu

Horário: 16h  

Na TV: Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.